Axel e Neves visitam instalações do aeroporto de Maricá

O prefeito Axel Grael e o ex-prefeito Rodrigo Neves estiveram hoje (1º) em Maricá com o prefeito Fabiano Horta, para conhecer as instalações do Aeroporto na sede da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar).

“Para nós, uma satisfação. O prefeito Rodrigo e o prefeito Axel têm uma longa experiência de trajetória em Niterói de desenvolvimento, de uma cidade que criou modelos de natureza do desenvolvimento. Niterói e Maricá são cidades que cada vez mais ganham uma vida comum, tem projetos que discutimos permanentemente de natureza social, econômica, do desenvolvimento. A visita deles simboliza que os projetos de Maricá também representam uma expressão importante de bons exemplos que a gente tem construído na cidade de Maricá que interagem com toda a região”, disse Fabiano.

Axel Grael também enalteceu o encontro. “Tenho uma relação próxima com Maricá. Tenho acompanhado o trabalho do prefeito Fabiano e temos boas ações em conjunto. Estávamos conversando sobre a necessidade de integrar o planejamento de desenvolvimento de Niterói com o de Maricá, já que estamos na principal vertente de crescimento. Provavelmente nas próximas duas décadas, o que vai ter de novidade na região metropolitana ou até mesmo no estado, vai ser muito para o lado de cá”, conta o prefeito de Niterói.

Para Axel, no entanto, o momento ainda é bem crítico. “Na saída desse momento de pandemia, a grande responsabilidade que nós vamos ter é a retomada da economia, do emprego e do cotidiano das pessoas. Então, é o que está sendo feito aqui em Maricá em termos de planejamento e de desenvolvimento, o que nós estamos fazendo lá. Se juntamos com ativos fundamentais que temos, como uma das maiores universidades do país, com toda sua capacidade e uma massa crítica que temos nas duas cidades para gerar ideias, gerar oportunidades para cá, é muito potente”, ressaltou Grael.

Rodrigo Neves elogiou a estrutura do aeroporto. “Em 10 anos avalio que Niterói e Maricá vão chegar a um milhão de habitantes. Isso significa uma população maior que a capital. Então, acho que esse eixo tende a ser uma nova normalidade projetando para 2030. Não tem no Brasil, uma cidade que tenha uma base industrial de produção. Aqui você tem isso disponível e que é a economia do século XXI. Isso pode ser uma potência”, frisou Rodrigo Neves. “Niterói e Maricá em cooperação podem produzir uma dinâmica econômica intensa contribuindo para a necessária retomada econômica do Rio. Quando vemos programas sendo desenvolvidos em Maricá e em Niterói, temos certeza que o estado do Rio de Janeiro tem solução”, frisou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.