Gabinete será criado para discutir volta às aulas em Niterói

Camilla Galeano e Augusto Aguiar

Foi publicado hoje o decreto que cria o gabinete de Coordenação das Ações de Volta às Aulas. O Secretário de educação, Vinicius Wu, falou sobre esse trabalho que vai orientar o retorno dos alunos de forma segura.

“O primeiro é a ação transversal ao governo, com o resgate desses estudantes, criando um ambiente seguro. O segundo é tornar a escola atrativa, o ambiente acolhedor. E o terceiro é dar segurança sanitária para que profissionais de educação e alunos retornem. Inicialmente, o retorno das aulas será de forma híbrida”, explicou o secretário.

“Vamos apostar no processo de aprendizado para tentar fazer com que o ambiente escolar esteja voltado para isso. Niterói se tornou referência nas ações de combate ao coronavírus, teremos a mesma responsabilidade nas ações para a educação. Precisamos evitar, a todo custo, que a pandemia sirva à consolidação das desigualdades sociais do Brasil”, disse.

O gabinete terá o apoio da Secretária de Saúde, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Planejamento, Secretaria de Ciência e Tecnologia, Secretaria de Cultura e a Secretaria de Fazenda.

O prefeito Axel Grael afirmou que ainda esta semana será divulgado o planejamento de volta às aulas, com um calendário de retomada.

Rede particular

Niterói autorizou que escolas particulares de Educação Infantil e do primeiro ano do Ensino Fundamental ofereçam atividades lúdicas presenciais (não obrigatórias) para os alunos. A decisão ocorre em meio a oscilação dos números da Covid-19 no município.

A autorização de flexibilização é válida para atividades pedagógicas complementares. Sobre o retorno das aulas presenciais obrigatórias ainda não há uma posição.

“Conseguimos junto à Prefeitura a liberação das atividades complementares lúdicas nas escolas, permitindo a reaproximação das crianças com o ambiente escolar após 10 meses de afastamento. Foi uma vitória e seguimos trabalhando em prol do retorno das atividades pedagógicas já no início de fevereiro”, afirmou Luiz Mansur, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Particulares do RJ (Sinepe).

“Retomamos na semana passada as nossas atividades, seguindo todas as medidas de segurança. É incrível ver a alegria e a diferença que este convívio faz no emocional das crianças. Esperamos que essa retomada seja perene e que, assim como as atividades recreativas, as aulas possam ser retomadas logo na sequência da colônia de férias”, afirmou Tathiana Harduim Mattos, diretora de uma creche em Icaraí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + um =