Avô se aproveitava de momentos a sós para abusar da neta

O idoso Sebastião Umbelino da Silva, de agora 82 anos, aproveitava os momentos em que ficava sozinho em casa com a neta, de então 10 anos, para abusar da criança no ano passado. O idoso ainda trancava a porta do seu quarto para impedir a fuga da criança. O abusador chegou a confessar o crime para a esposa.

O estupro foi denunciado pelo pai da vítima na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA- Centro). O caso foi investigado e resultou em um mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro de vulnerável expedido pela 2ª Vara Criminal de Niterói em 20 de janeiro deste ano e a captura de Sebastião por policiais da 79ª DP (Jurujuba) na última quinta-feira (20) exatamente na residência onde os abusos aconteceram.

De acordo com o pai da vítima, os abusos aconteceram nos dias 27 e 28 de fevereiro de 2019 no período da tarde. Uma prima da vítima, de 12 anos, viu a menina sair do quarto do avô assustada e contou para a mãe que em seguida relatou o fato para a avó da vítima. Em uma conversa com a avó, a vítima contou sobre o avô ter oferecido dinheiro em troca de ter intimidades com ela. A avó da menina contou então para a mãe da vítima e o crime chegou aos ouvidos do pai da criança.

Ainda de acordo com o pai da criança, a avó da menina informou que o marido já abusou de outras crianças e adolescentes. A mulher no entanto não denunciou os crimes cometidos pelo marido contra menores de idade. Pessoas com alguma informação sobre possíveis outras vítimas do criminoso devem comparecer na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA- Centro) para a realização de registros dos possíveis casos e a punição do autor. Denúncias também podem e devem ser feitas também através do telefone 2717-0197 (plantão DPCA) de segunda à sexta-feira das 8h às 17h ou a qualquer dia e hora através dos números de contato do Disque-denúncia: 2253-1177/ 021 968021-650 (WhatsApp). A instituição encaminha as denúncias para a delegacia responsável pela área. O sigilo do denunciante é garantido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + treze =