Autoescolas continuam impedidas de aplicarem provas práticas e teóricas de direção

Empresários e instrutores dos Centro de Formação de Condutores (CFCs) estão insatisfeitos com o retorno gradual das atividades durante o período da pandemia. A volta dos serviços, que tinham sido parados em março, aconteceu no último dia 24, mas não está sendo satisfatório visto que não estão autorizadas as provas práticas e teóricas de alunos antigos e novos. As autoescolas estão podendo receber os alunos matriculados que estavam em processo da retirada da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para finalização das aulas. Mas o a prova final não pode ser marcada e nem tem data para marcação pelo Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ).

O empresário Gustavo de Oliveira, 37 anos, tem uma autoescola em Icaraí disse que aos poucos o Detran-RJ vem retomando as atividades.

“Parece que essa diretoria quer fazer um trabalho sério e bem feito. Realmente o fato de não ter provas teóricas e práticas atrapalha muito as autoescolas e o candidato. Acredito que logo o Detran vai resolver essa questão tão importante, até porque o acúmulo de alunos para prova já é muito grande, então precisamos dessa solução o quanto antes. Isso acumula alunos para e esses mesmos alunos ficam muito tempo sem treinar o que gera insegurança e diminui nosso índice de aprovação. São coisas negativas tanto para o empresário como para o cliente/aluno”, explicou.

É justamente o que está acontecendo com Luis Henrique Leite, 27 anos, que está no processo de retirada da CNH desde novembro de 2019. Após ficar os meses parado ele voltou às aulas práticas na semana passada e está se sentindo muito prejudicado com essa pausa e com o futuro incerto sobre a data da prova fina.

“Eu fiz a prova teórica e passei e ficaram faltando as aulas práticas e a prova prática. Mas eu cheguei a fazer algumas aulas no início do ano antes da pandemia. Agora que voltei aos treinos me sinto prejudicado pois esqueci muita coisa e já perdi essas aulas iniciais. Acho que isso pode piorar ainda mais pois eu vou terminar os treinos e esperar uma data, que eu não sei quando será, para fazer a prova. Se demorar muito eu posso esquecer. Ainda tem o detalhe que estou ansioso com o fim da pandemia, ainda tenho que treinar de máscara o que gera ainda mais tensão”, desabafou Luis que disse que já fez sete aulas.

O instrutor Marcel Amparo concorda com o aluno.

“Todo o contexto já gera uma ansiedade e isso é muito complicado. Além do problema com o aluno nós, os profissionais, também estamos tendo problemas. Eu tive a minha redução da carga horária e consequente redução do meu salário. As autoescolas estão podendo admitir novos alunos que podem fazer as aulas teóricas e práticas mas na verdade não vão poder seguir o processo normal, pois não poderá ser marcadas as provas finais. Nós queremos a regularização das nossas atividades o quanto antes”, finalizou.

O Detran informou em nota que a abertura de novos processos, tanto de primeira habilitação quanto de permissão para dirigir, ainda não está disponível. A prioridade neste momento é para quem já deu entrada antes da pandemia ou precisa buscar a CNH já emitidas. O Detran reforça que não é preciso correr aos postos. Desde o início da pandemia, o departamento suspendeu alguns prazos. Ainda de acordo com o informe, para evitar aglomerações e priorizar a saúde de funcionários e alunos, o Detran-RJ está realizando a reabertura gradual de suas atividades. Será obrigatória a adoção das seguintes medidas de segurança para o retorno das atividades: redução em sala de aula na ordem de 50% de alunos, por turno e dentro das capacidades estruturais de cada Centro, para o aprendizado das aulas teóricas; criteriosa observação do distanciamento social de pelo menos 1,5 metro nos ambientes de aprendizagem; uso obrigatório de máscara para alunos/candidatos, bem como para todos os funcionários dos CFCs; fornecimento de álcool em gel por parte dos CFCs; higienização dos veículos de instrução no início e no término de cada aula prática e limitação de uma aula teórica diária por aluno/candidato.

RENOVAÇÃO DAS CNHs

O Detran informou que desde quarta-feira (15) a renovação de carteiras de habilitação vencidas antes do dia 19 de fevereiro poderá ser feita. O condutor poderá renovar o documento na sede do departamento, no Centro do Rio, e nas unidades do Rio Poupa Tempo de Bangu, São João de Meriti e Duque de Caxias. Inicialmente, serão 30 vagas por dia para cada unidade e o agendamento deverá ser realizado no site (www.detran.rj.gov.br) ou pelos telefones (21) 3460-4040, 3460-4041 e 3460-4042. Na sede o atendimento será das 9h às 16h, já nas unidades do Rio Poupa Tempo, o atendimento será das 10h às 16h.

“Para evitar aglomerações, estamos retomando os serviços de forma gradual e responsável. Por isso, assim como já acontece com a segunda via da carteira habilitação, as vagas são limitadas e com agendamento prévio. Mesmo no período de contingenciamento, já entregamos mais de 13 mil carteiras de habilitação, entre CNHs solicitadas antes da pandemia e a segunda via do documento”, destacou o presidente do Detran-RJ, Marcello Braga Maia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + dezoito =