Auditoria em escola de São Gonçalo aponta 57 inspetores ‘fantasmas’

Wellington Serrano

Após tomar posse, o secretário de Educação do segundo maior colégio eleitoral do estado do Rio de Janeiro, São Gonçalo, abriu uma auditoria para conhecer a situação financeira das escolas da cidade. Diego São Paio, da Rede, diz ter descoberto a existência de inspetores fantasmas na Escola Municipal Ernani Faria, em Neves. Segundo ele, mais de 90% dos nomeados não existem.

“Dos 60 inspetores nomeados, podemos afirmar que 57, no mínimo, são fantasmas. Não apareceram para trabalhar nos primeiros três meses deste ano e nem antes disso”, afirmou o atual secretário de Educação após analisar os documentos. Como as nomeações haviam sido feitas em outra gestão, não foi possível verificar os responsáveis pela indicação dos nomes.

Segundo o secretário, é desumano o que acontecia com a educação gonçalense. “Uma demanda absurda que estamos passando aqui e com muita coisa errada que estamos pegando do governo passado. São contratos absurdos, fora a questão do número de fantasmas que estavam bem perto dos olhos de quem comanda a cidade”, lamentou.

Ele indaga como 60 inspetores poderiam trabalhar na escola da rede municipal que possui 651 alunos no ensino Infantil e Fundamental? “De acordo com a auditoria, a maioria dos funcionários, 57 inspetores, nunca apareceram. Quando fomos lá havia somente três trabalhando”, concluiu. O inspetor da rede gonçalense ganha o equivalente ao salário mínimo, R$933.

Por decisão do prefeito José Luiz Nanci, todos os funcionários foram exonerados, a fim de enxugar a máquina pública e identificar casos como esse, o que também contribuiu com este processo de averiguação do quadro de funcionários. Em articulação com o Sepe e o Ministério Público, a Semed afirma que produziu um levantamento dos profissionais da rede, já apresentado ao Sindicato nesta semana. O material será levado ao MP na próxima semana, em audiência já marcada.

DINHEIRO RECUPERADO —
A Secretaria de Educação recuperou quase R$ 27 milhões de verba federal para São Gonçalo essa semana. O dinheiro não utilizado pelas gestões anteriores havia perdido a validade e seria devolvido a Brasília. Município deve investir na construção de creches e de quadras poliesportivas, e na ampliação da Escola Guaxindiba.

Com o intuito de recuperar uma verba destinada à educação, e que não foi utilizada pelas gestões anteriores, o secretário de educação, Diego São Paio, viajou até Brasília para se reunir com representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O Plano de Ações Articuladas (PAR) tem disponível aproximadamente R$26,7 milhões, sendo R$21 milhões reservados para a construção de creches, e o restante para quatro quadras poliesportivas, aquisição de móveis para as unidades, 95 lousas digitais, além de obra de ampliação da Escola Estadual Municipalizada Guaxindiba, no bairro de mesmo nome. A verba só pode ser utilizada para esses investimentos.

Junto aos representantes do PAR, o secretário também conseguiu autorização do Ministério da Ciência e Tecnologia para reformular duas emendas parlamentares, no valor de R$ 400 mil. Em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, o recurso será usado para a recuperação de três portais (Laranjal, Santa Luzia e Porto do Rosa) e a estruturação de um Centro de Ensino Inovador.

“É duro estarmos passando por um momento de crise como este e ver isso, mas o que anima é que é possível e real fazer a educação de São Gonçalo ir para frente. Isso é uma questão de tempo graças ao nosso choque de gestão para economizar e dar eficiência”, indignou-se Diego. A TRIBUNA não conseguiu falar com o ex-prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim (Sem partido).

One thought on “Auditoria em escola de São Gonçalo aponta 57 inspetores ‘fantasmas’

  • 13 de março de 2017 em 17:27
    Permalink

    Kkkkk..agora ele vai colocar os dele. Quero é o fim da greve.eu filho ta casa sem aula.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 13 =