Audiência dos rodoviários já está marcada no Ministério Público do Trabalho (MPT)

A primeira parte da votação para a decisão da greve ou não dos rodoviários terminou na manhã dessa terça-feira (18). Os 48 votantes foram unânimes contra a proposta patronal de redução dos salários e benefícios da categoria. Na parte da tarde também haverá votação assim como na quarta-feira (19). Na quinta-feira (20) foi marcada uma audiência online com representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) às 10h, e depois desse encontro o documento oficial será encaminhado para as empresas, para consolidação ou não da greve. A paralisação atingirá as cidades de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá.

O impasse entre rodoviários e patrões é fruto da crise no setor de transportes, acentuada com a pandemia do coronavírus. Pelo menos 2 mil trabalhadores foram demitidos na área de atuação do Sintronac e, desde 31 de julho, a categoria não recebe mais o auxílio emergencial do Governo Federal, que compunha 70% dos salários.

Outra questão, que será levada pelo Sintronac ao MPT e às prefeituras, é relativa à superlotação dos ônibus, consequência da redução da frota em circulação. Os guardas municipais estão responsabilizando os motoristas pelo grande número de passageiros nos coletivos.

Em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + quinze =