Atriz Françoise Forton morre no Rio de Janeiro

Vítima de um câncer,  a atriz Françoise Forton (64) morreu neste domingo (16). Ela estava internada na Clínica São Vicente, localizada na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. O estado de saúde, divulgado mais cedo pela jornalista Flávia Oliveira era bem delicado. A morte foi confirmada na tarde deste domingo.

A atriz era filha única de um francês e uma brasileira. Nascida no Rio de Janeiro, morou em Brasília dos 5 aos 17 anos, quando retornou para sua cidade natal. Iniciou sua carreira de atriz em 1969 fazendo uma pequena participação na novela A Última Valsa em seguida participou de um episódio do seriado A Grande Família.

Ganhou mais notoriedade na televisão com a novela Fogo sobre Terra em 1974, interpretando a rebelde Estrada-de-Fogo. Em 1975, protagonizou Cuca Legal. No mesmo ano, integrou o elenco da “novela das dez”, O Grito, onde interpretou a ativista Mariana, que lutava pelos direitos da mulher e das minorias.

No ano seguinte, 1976, protagonizou Estúpido Cupido , novela ambientada nos anos 60. Após o fim da novela, Françoise passou sete anos afastada da televisão. Em 1983 transferiu-se para a Rede Bandeirantes , onde fez a novela Sabor de Mel e o seriado Casa de Irene.

Retornou à Globo em 1988 participando da novela Bebê a Bordo. Em 1989 interpreta uma das vilãs do grande sucesso  Tieta, dando vida à fria e calculista Helena, esposa de Ascânio (Reginaldo Faria). Em 1990 volta a atuar em mais uma novela de horário nobre,Meu Bem, Meu Mal, vivendo a misteriosa Marcela.

Em 1992, interpretou uma das personagens principais de Perigosas Peruas, a ambiciosa e perigosa Caroline. Em 1993 participou de Sonho Meu. Em 1994 interpreta a enfermeira frustrada Clarisse, em Quatro por Quatro.

No ano seguinte, Françoise ganhou um dos principais papéis da novela Explode Coração . Na trama ela era a grande vilã Eugênia Avelar, mulher requintada e fria, apaixonada pelo protagonista Júlio (Edson Celulari) e fazia de tudo para conquistá-lo.

Em 1996 integrou o elenco da novela Anjo de Mim dando vida à elegante Renata Monterrey, uma das personagens centrais da trama. Em 1997 volta ao horário nobre no sucesso Por Amor em que interpretou a fútil Még.

Três anos mais tarde, 2000, retorna às novelas em  Uga Uga vivendo a hippie Larissa Guerra. Em 2001 participou de O Clone como a cientista Simone. Em 2003 esteve em Kubanacan. Após o término da novela, Françoise passou a trabalhar no SBT, onde gravou dois remakes de novelas mexicanas com papéis importantes, Seus Olhos, em 2004, e Os Ricos Também Choram , em 2005. Em seguida, assinou contrato com a Record, onde permaneceu até o ano de 2011. Nesse tempo Françoise participou de diversas novelas e seriados da emissora.

Em 2012 assinou contrato com a Rede Globo[5] novamente, após uma temporada como contratada da Rede Record.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.