Associação de advogados trabalhistas completa 50 anos

O ano era 1965, os tempos eram difíceis e o Brasil vivia sob a repressão do regime militar, que oprimia e restringia direitos políticos e sociais, afetando diretamente os trabalhadores. Foi quando um grupo de advogados começou a colocar em prática a ideia de dar voz aos sindicalistas e assim nascia oficialmente em 1968 a Associação Fluminense de Advogados Trabalhistas (Afat), que celebra hoje e amanhã seu jubileu de ouro com a realização do seminário ‘Um ano de Reforma e seus reflexos”, na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL).

Nomes importantes do Direito fazem parte da história da Afat, entre eles Hilson César de Oliveira, Paulos Dias, Celestino da Silva, Manuel Martins, Aldo Alves, Pedro Rubens Mandarino, além dos dois primeiros presidentes, Acrisio de Moraes Rego Barros e Carlos Arthur Paulon. Todos serão homenageados durante o evento. Presidente da Afat desde fevereiro deste ano, Marcelo Gomes Cruz assumiu a responsabilidade de comandar as comemorações.

“É uma muito importante, pois a criação da Afat marca uma divisão histórica na Justiça Trabalhista brasileira. Durante estes 50 anos avançamos muito, porém, confesso que vejo o futuro com preocupação por conta do atual momento do Brasil, principalmente por conta da Reforma Trabalhista”, afirma.

A Reforma, inclusive, será o tema da palestra que será proferida pelo advogado Cezar Britto, ex-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Amanhã, dia 8, além da Reforma Trabalhista, outros temas serão abordados pelos palestrantes Fábio Villela (procurador chefe do Ministério Público do Trabalho), Roberto Parayba (presidente da Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas), Rita Cortez (presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros), Silvia dos Santos Correa (advogada e professora), Tereza Basteiro (procuradora do Minustério Público do Trabalho), Andréa Zabaleta Cabo (advogada e conferencista), José Nascimento (corregedor do Tribunal Regional do Trabalho -RJ), e José Luis Xavier (desembargador do Tribunal Regional do Trabalho-RJ).

O evento acontece hoje de 16h às 20h, e amanhã de 8h às 18h. A CDL fica na Rua General Andrade Neves, 31, no Centro de Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =