Árvores floridas mudam a paisagem de Niterói

Raquel Morais

Mais uma vez o excesso de calor está mudando a paisagem de Niterói. No verão de 2016 um fenômeno chamou atenção dos niteroienses, quando as árvores ficaram extremamente floridas em meio ao caos das altas temperaturas. Esse ano o mesmo pode ser observado em diversos bairros da cidade e especialistas acreditam que o estresse hídrico aliado ao calor excessivo favorece a antecipação da época reprodutiva das árvores e plantas.

Espécies como jasmim-manga, azaleia, acácia amarela, mussaenda e flamboyant estão enfeitando bairros de Niterói como Centro, São Domingos, Ingá e Icaraí. Para Jorge Carvalho, especialista em plantas do Sítio Carvalho, no Sapê, a temperatura muito alta junto com a falta de água faz com que a planta se sinta ameaçada e se reproduza em uma tentativa de perpetuar a espécie. “A natureza é muito linda mas estamos passando por uma época muito atípica de calor extremo. Então podemos ver árvores floreando fora de época, colorindo a cidade e sobrevivendo mesmo em situações adversas”, comentou.

Já Rodrigo Guerra, biólogo especialista ambiental, afirma que é não se pode tomar este fato como uma generalização para todas as espécies de árvores, já que tem espécies que florescem realmente nesta época e outras que sobpressão de um estresse, antecipa sua reprodução. “E esta antecipação pode ser em relação a época do ano, ou a idade do vegetal, por exemplo. Mas como já foi divulgado, 2016 foi o ano mais quente deste quando o homem passou a registrar oficialmente a temperatura. E as mudanças climáticas não só aumentam a temperatura, mas altera o ciclo hidrológico, principalmente no tocante às chuvas. Que ao sentirem estas mudanças, isto é, se estressando, poderão antecipar ou atrasar sua época reprodutiva”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 8 =