Artista gonçalense estreia sua primeira exposição individual

Jefferson Medeiros transforma violência no cotidiano em arte. O projeto foi contemplado pela Lei Aldir Blanc Cria de São Gonçalo, o artista Jefferson Medeiros estreia sua primeira exposição individual “Quem nos protege, se não nós?”, no próximo dia 19, no Cenarte Dimensões, em sua cidade natal. Com curadoria de Bruno Albert, a mostra apresentará discussões sobre colonialidade, exploração do trabalho e violência no cotidiano urbano periférico, suas raízes e consequências.

Ao todo, serão 15 obras expostas, confeccionadas com materiais diversos: de concreto à cápsulas de munição que foram encontradas no território em que reside, na casa de amigos ou por conhecidos. A exposição, que terá duração de um mês, foi contemplada no Edital de Desenvolvimento Artístico e Cultural da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura da Prefeitura de São Gonçalo por meio da Lei Federal de Emergência Cultural Aldir Blanc.

“Fazer a minha primeira exposição individual na minha cidade natal é discursar para minhas e meus pares, é tudo que posso querer enquanto educador-artista. De toda forma, gosto de pensar que não tem nada de individual nessa exposição, meu trabalho é a aglomeração das vozes que me atravessam. O olhar que desenvolvo na minha arte-vida-arte é a partir daqui para o mundo. São Gonçalo é minha escola do mundo”,  frisa o artista.

Em função da pandemia do novo coronavírus, a visitação acontecerá em horários pré-definidos.O agendamento será feito por meio da plataforma Sympla, com limite de 10 pessoas por hora. O uso de máscara será obrigatório e todos os protocolos sanitários recomendados serão adotados. Ainda como parte do projeto, a exposição inclui duas Oficinas de Produção Epistemológica Antirracista, realizadas em parceria com a Galeria de Racistas. Nelas, propõe-se oferecer um mínimo suporte para a construção de discursos e práticas que superem a estrutura do racismo, que ainda permanece e se apresenta como uma das mazelas que agridem o tecido social.

A mostra poderá ser vista de 20 de fevereiro até 19 de março, de terça a sexta-feira das 14h às 18h e aos sábados e domingos das 17h às 20h. As visitas podem ser agendadas pelo site https://www.sympla.com.br/exposicao-quem-nos-protege-se-nao-nos__1131172 e o Cenarte Dimensões fica na Travessa Rubens Falcão, 346 no bairro Parada 40 em São Gonçalo. A entrada é gratuita e a classificação etária é livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 12 =