Arte na Rede segue levando arte às redes sociais em tempos de isolamento social

Em tempos de isolamento social causado pela pandemia de Covid 19, os equipamentos culturais da Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria das Culturas e da Fundação de Arte de Niterói, apresentam um projeto de programações on-line. Sempre com conteúdos variados para entreter o público neste momento de quarentena.

O projeto Arte na Rede segue, em maio, com a sua ampla e diversificada programação virtual. De 18 a 22, o internauta poderá conferir apresentações de vários gêneros e para todas as idade. De música a teatro, passando por dança, aulas de Yoga e podcasts sobre produção cultural, o público de casa ganha muitas opções de entretenimento. A programação pode ser acompanhada pelas redes sociais (YouTube, facebook e instagram) @culturaniteroi.

O Arte na Rede começa a semana na segunda-feira, 18, às 11h, com a oficina “Confeitaria Acessível”, apresentada por Adelia Sant’Anna. Confeiteira formada em gastronomia e estudante de nutrição, Adelia criou essa oficina pensando nas mães que estão em casa com seus filhos. A ideia é ensinar receitas interativas com a participação das crianças na confecção de comidas criativas e nutritivas ao mesmo tempo. Às 16h, os dançarinos Hebert e Diogo mostram o “Dance Move”, trabalho baseado no Hip-Hop. Para a dupla, dançar o Hip-Hop significa estar em movimento em prol da liberdade, pois essa dança proporciona um encontro, com o prazer de desenvolver a criatividade a cada movimento. O Hip-Hop já se tornou um hábito em suas vidas, uma cultura que pretendem espalhar por toda a cidade, por meio de gestos, movimentos e equilíbrio corporal.

A programação de terça-feira, 19, tem início às 15h com “Brincando de Ballet”, apresentação de Juliana Carneiro, artista do grupo Lekolé. Às 18h, o ator Marcell Barbosa traz a sua interpretação para fragmentos de quatro obras de um dos maiores escritores do século XX, Samuel Beckett, Nobel de Literatura e tido com um dos autores fundamentais do movimento que ficou conhecido como Teatro do Absurdo. Os textos que serão apresentados como parte do projeto “Quarteto num Quarto de Quarentena”, são: “Não Eu”, “Dias Felizes”, “Esperando Godot” e “Fim de Partida”. Ator formado no Tablado, Marcell Barboza, em mais de 15 anos de carreira, já atuou para nomes como Bernardo Jablonski, Cininha de Paula, Ricardo Sanfer e Raul Tolledo. Seu último trabalho foi o espetáculo “Na Linha do Mar”, de Anselmo Fernandes. Além de temporadas nos principais teatros do RJ, já teve participações em novelas, comerciais e filmes.

Na quarta-feira, 20, às 11h, o artista Lucas Alves, do grupo Lekolé, promove a oficina “Criançada Musicando”, uma aula de musicalização infantil com recursos pedagógicos e tema Páscoa. A oficina vai trabalhar alguns conceitos básicos de música que as crianças podem reproduzir com material que já têm em casa. Às 14h, Juliana Carneiro volta a apresentar seu espetáculo “Brincando de Ballet”.

Quinta-feira, 21, é dia de #TBT CulturaNiteroi, às 11h. Às 14h, Ana Acioli e Ana Clara da Silva, da produtora Di.Cria (Coletivo di Criação de Redes Interculturais e Afetivas), apresentam um Podcast sobre Produção Cultural. Neste primeiro episódio, a dupla fala sobre o papel do produtor cultural e a importância da Di.Cria no mercado, trazendo o olhar de produtoras pretas e periféricas. O Coletivo foi criado em resposta à escassez de conteúdos de capacitação eficiente e acessível na área de produção cultural. Às 16h, Susana Selles vai trabalhar a sua mente e corpo com mini aulas de Yoga para fazer em casa. Professora de yoga, nascida e criada em Niterói, Susana tem formação em Hatha Yoga, Yoga Sivananda Vedanta, Yoga Nidra, Yoga para Crianças, Educação Física e pós-graduação em Pedagogia da Cooperação e Metodologias Colaborativas. Às 19h, Juliano Antunes apresenta a contação “Histórias da Mitologia Grega”, com o objetivo de entreter e divertir toda a família. Serão várias histórias contadas em episódios com a participação da atriz e diretora Eleusa Mancini que, como plateia, escuta e emite comentários a respeito de suas percepções. Juliano Antunes é ator, humorista, comediante, produtor; nascido em Niterói, e em mais de 20 anos atuou em palcos nacionais e internacionais, trabalhando com diversos diretores como Gerald Thomas; Cacá Mourthé, Bernardo Jablonsky, entre muitos outros.

Lucas Alves volta ao Arte na Rede na sexta-feira, 22, às 11h, com o seu “Criançada musicando”, uma aula de musicalização infantil. Fábio Lísias apresenta ao vivo, às 15h, canções de seu mais recente álbum, “Recomeço”. Cantor, compositor, arranjador e multi-instrumentista, Lísias iniciou sua carreira participando de festivais e se apresentando com o grupo TaoDuSom. Com a banda “Puera” gravou o clipe da música “Caldeirão”, filmado na Rocinha, além de shows no Circo Voador, Bukowski, Casa da Matriz, Teatro Odisseia, entre outros. Ainda na sexta-feira, às 17h, o projeto apresenta o podcast “A volta ao dia em 80 mundos”, uma parceria entre a contadora de histórias Thatiana Verthein e o cineasta Matheus Bizarrias. O espetáculo leva o público a lugares mágicos onde tudo é possível. Dando asas à imaginação, tudo é possível, já que todos são feitos de histórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *