Arrecadação de Niterói cresce em R$ 100 mi no primeiro quadrimestre

Anderson Carvalho

O Município de Niterói recebeu de receitas nos primeiros quatro meses deste ano R$ 874.821.099, mais do que os R$ 715.533.782,30 do mesmo período do ano de 2016. Só de IPTU a prefeitura arrecadou R$ 208.615.552. Enquanto no primeiro quadrimestre do ano passado, foram arrecadados R$ 163.481.272,50. Em ISS, a arrecadação deste ano foi menor do que a do ano anterior: de R$ 87.620.588,80. Nos dois primeiros bimestres de 2016 foi de R$ 87.972.712,40. O ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) também arrecadou menos do que no mesmo período do ano passado: R$ 18.654.960,70. Enquanto que em 2016, recolheu R$ 20.099.397,10.

Os dados são do balanço orçamentário do primeiro quadrimestre da Secretaria de Fazenda. O último assinado por César Barbiero, antes de deixar a pasta e ser substituído por Pablo Vilarim. A receita previdenciária do período foi de R$ 34.359.406. Na mesma época de 2016 foi de R$ 36.449.250. Já em relação às transferências correntes, do Fundo de Participação dos Municípios e da cota parte do ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços), que cabe à cidade, o arrecadado foi de R$ 413.858.933,10. No primeiro quadrimestre do ano passado foi de R$ 321.334.456,10.

A despesa com pessoal também foi superior ao do mesmo período de 2016. Até abril deste ano, a prefeitura declarou de despesas liquidadas (pagas) R$ 343.791.121,60. No ano passado, pagou R$ 324.947.292,50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − onze =