Apresentação de tango emocionará público no Teatro da UFF

A primeira-dama do teatro musical brasileiro, Soraya Ravenle, investe em novo trabalho, ao lado do grupo LiberTango, reunindo clássicos de Astor Piazzolla e Carlos Gardel, além de releituras “tangueadas” de Chico Buarque, Paulo C. Pinheiro, Lupicínio Rodrigues e outras surpresas. O show será dia 5 e 6 de novembro, às 20h, no Teatro da UFF.

O gênero portenho seduz os ouvidos dos cariocas desde os anos 1920 e 1930, época de ouro dos sucessos de Carlos Gardel. Apaixonada por esse estilo dramático e visceral de interpretar, a atriz e cantora Soraya Ravenle mergulhou no universo do tango, em companhia do grupo LiberTango, formado pela pianista argentina Estela Caldi e por dois de seus filhos, Alexandre Caldi (saxofones e flautas) e Marcelo Caldi (acordeom), ambos brasileiros e renomados instrumentistas e arranjadores do cenário carioca.

Com 20 anos de carreira, o LiberTango lançou recentemente o quarto álbum, “Tangos hermanos”, atualizando o diálogo musical entre brasileiros e hermanos, num momento em que o Rio de Janeiro tem recebido grandes fluxos de migrantes e turistas latinos. O show traz sucessos de Piazzolla comoVuelvo al Sur e Los pájaros perdidos, além de números vocais a capela (Pobre mi negra, motivo popular) e um duo de voz e sax com Alexandre Caldi (Chiquilín de Bachin, Horacio Ferrer ePiazzolla). A surpresa está em versões tangueadas de canções brasileiras, de autores comoLupicínio Rodrigues (Nunca) e Paulo César Pinheiro (Cristal-lilás). E não poderia faltar uma homenagem também a Chico Buarque, com uma ousada interpretação de Rosa-dos-ventos.

A primeira apresentação de Soraya Ravenle com o grupo LiberTango ocorreu em dezembro de 2013, no Festival Internacional Tango Brasil, no CCBB-RJ. A casa cheia e a resposta do público deram mostras de que o encontro entre os artistas renderia frutos. Em 2014, a cantora fez shows com o grupo no Theatro NET Rio e no Teatro Rival Petrobras e, desde então, muitos outros shows aconteceram com o caloroso apaluso do público.

Soraya Ravenle çançou seu primeiro disco em 2011, com músicas de Paulo César Pinheiro e direção musical de Alfredo Del Penho, pela Biscoito Fino, sendo selecionado para o Prêmio da Música Brasileiradaquele ano. Desde então, tem excursionado com o álbum pelo Brasil. Fez shows em Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Na TV Globo, participou das novelas I love Paraisópolis, Laços de família, Beleza pura, Paraíso, Malhação e da minissérie Dalva de Oliveira, no papel de Emilinha Borba.

A classificação etária é 10 anos, a duração do show é de 90 minutos e a capacidade do espaço é de 344 lugares. Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada). O Teatro da UFF fica na Rua Miguel de Frias, 9 em Icaraí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 5 =