Após ser ultrapassado pelo Atlético-GO, Vasco liga o sinal de alerta

A derrota de 3 a 1 para o Paysandu, na noite de terça-feira, tirou o Vasco da liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Mais do que isso, ligou o sinal de alerta no Cruzmaltino, que estacionou nos 51 pontos e acabou sendo ultrapassado pelo Atlético-GO, que superou o CRB por 2 a 1 em Maceió, e chegou aos 52.

Após a partida o clima era de desapontamento no vestiário vascaíno. O técnico Jorginho reconheceu que é preciso melhorar algunas apectos para o time voltar a ganhar e embalar para o acesso.

“Temos que ligar o sinal de alerta e eu, como treinador, tenho que rever alguns conceitos. Não podemos pensar de jeito nenhum em uma nova derrota no sábado. Por isso é o momento de fazer uma reflexão e analisar o que podemos fazer para reencontrarmos o caminho das vitórias. Não há motivo para desespero, mas precisamos voltar a ganhar”, pediu Jorginho.

O zagueiro Luan concorda com o comandante dos cariocas. “O Vasco vinha fazendo uma boa competição, acabou tendo alguns tropeços que não estavam nos planos e isso comprometeu a liderança. Nós perdemos dois jogos fora e isso acabou pesando mais porque não conseguimos ganhar em São Januário em algumas partidas. Mas não podemos ficar pensando no que ficou para trás. No próximo sábado temos que ganhar”, disse o defensor.

O próximo compromisso do Vasco pela Série B do Campeonato Brasileiro será no sábado, às 18h30 (de Brasília), contra o Londrina na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), pela 30ª rodada. Para este compromisso, a equipe deve contar com o retorno do meia Nenê, que cumpriu suspensão na derrota para o Paysandu, e se junta à delegação nesta quinta-feira.

Rodrigo segue fora

Se Nenê volta contra o Londrina, o mesmo não vai acontecer com o zagueiro Rodrigo, que foi liberado antes do jogo contra o Paysandu para resolver problemas particulares, e não tem previsão de volta.

“Infelizmente não posso falar nada sobre isso, pois se trata de uma questão pessoal. A diretoria entendeu que o assunto era importante e que o jogador precisava ser liberado”, disse Jorginho.

Sem Rodrigo, Jomar deve permanecer como companheiro de Luan na zaga. O jogador acabou sendo o escolhido para substituir o capitão ganhando a disputa com Rafael Marques, contratado no meio da competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 2 =