Após prisão, polícia acredita que roubos a ônibus vão diminuir

Foi preso, na noite dessa quarta-feira (20), um homem conhecido como “Ruan”, de 18 anos, apontado como o maior assaltante de ônibus da atualidade em Niterói. Autoridades ligadas à segurança pública no município acreditam que a prisão dele deve impactar consideravelmente na redução de ocorrências do tipo.

No último mês, o quantitativo de roubos a coletivos aumentou de forma preocupante. Em setembro de 2020, as duas cidades, somadas, registrados oito casos. Neste ano, foram 14 ocorrências, aumento de 75%. A área com maior número de incidentes foi justamente a Zona Norte de Niterói, onde Ruan costumava cometer os crimes.

Segundo a polícia, o acusado teria cometido aproximadamente 30 roubos na região, ao longo das últimas semanas. De acordo com o delegado Geraldo Assed, titular da 78ª DP (Fonseca), responsável pela maior parte dos inquéritos sobre Rual, o criminoso é apontado como responsável por quase a totalidade dos roubos a ônibus na circunscrição da distrital.

“Esse rapaz que foi preso é autor de 99% de roubos em coletivo na área da 78ª DP. Com a prisão dele esse tipo de delito deve despencar. Ele deve ser indicado em vários inquéritos nossos”, esclareceu o delegado.

Durante a prisão em flagrante, uma faca foi apreendida com o acusado. Ainda de acordo com o delegado, este era o instrumento usado pelo criminoso em suas abordagens. A distrital mapeou que a maioria dos assaltos acontecia no trecho da Avenida do Contorno, na BR-101, e, após os roubos, o ladrão fugia em direção à Comunidade do Sabão.

“[Os roubos aconteciam na] Avenida do Contorno. Ele não tinha dia nem horário contumaz. Entrava no coletivo e, com uma faca, roubava o motorista e quem estivesse na frente, indo embora rapidamente, sentido comunidade Sabão”, completou o delegado.

Outros casos

Homem com as mesmas características do preso cometeu roubo a loja – Foto: Reprodução

As vítimas do criminoso não ficavam restritas aos coletivos. De acordo com levantamento feito pela Polícia Militar, o homem também é suspeito de cometer roubos em lojas de conveniência. A reportagem de A TRIBUNA teve acesso a imagens na qual um ladrão, com as mesmas características do preso, assalta o estabelecimento em um posto na Região Central de Niterói

A prisão

O acusado foi preso no Centro de Niterói, após ter assaltado um coletivo do consórcio Transnit, por volta das 19h30min. Agentes militares do 12º Batalhão faziam patrulha na Avenida Jansen de Melo, na altura do Supermercado Guanabara, quando foram abordados por um motorista da linha 61 (Venda da Cruz – Icaraí) informando que o ônibus tinha sido assaltado por um homem usando uma faca.

Com a descrição do assaltante, os militares conseguiram localizá-lo na redondeza e viram que se tratava do homem considerado o maior assaltante a ônibus em Niterói. Ele é acusado de já ter realizado mais de 30 assaltos aos ônibus da região. De acordo com os PMs, ele estava sendo procurado há bastante tempo. Ele foi levado para a 76º DP, no Centro, junto com a faca e o dinheiro roubado do coletivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 10 =