Apesar do aumento na demanda, preço das bicicletas elétricas está mais em conta

A leitora e o leitor devem ter notado que cresce muito a presença das bicicletas elétricas nas ruas, consequência direta dos preços irracionais dos combustíveis.

Com manutenção praticamente zero, custo médio de 80 centavos por carga, as bicicletas elétricas chegaram na hora certa. Especialmente para uma cidade média como Niterói, com distâncias curtas.

Uma grande vantagem é andar sem suar, o silêncio absoluto, sem emplacamento ou necessidade de carteira de habilitação. As desvantagens são a baixa autonomia (só 25 quilômetros e precisam carregar na tomada) e a dificuldade nas subidas. Uma elétrica das mais comuns (350 watts) não sobe, por exemplo, a rua Fagundes Varela e muito menos o MAC. Afinal, nem tudo é perfeito.

Elas ainda custam caro, mas os preços começaram a baixar. Um modelo da marca Machine Motors está sendo vendida por R$ 4.265,50 num site de loja de departamentos. A vista ou em 10 vezes de R$ 449,00, sem juros.

Segundo o fabricante, o modelo tem motor de 350W e 36V. Baterias: 3x 12V/10AH. (de chumbo-ácido, ou seja, sem efeito memória); – Autonomia: 20 à 25km (por carga); – Velocidade máxima: 25km/h; – Capacidade de carga: 150kg. Não testamos, mas as referências são boas.

A bike da marca Duos Confort, custa R$ 4.551,17 à vista ou em 10 x de R$ 470,07 sem juros. Potência – Motor de 800W – Baterias – 4 Baterias de 12V 15Amp Total = 48V – Autonomia – de 25 a 30km. Velocidade máxima de 25 km/h. Aro 26. Modelo muito elogiado.

Outra marca conceituada é a Sousa Motos, que está sendo vendida por R$ 5.200,00 à vista ou em 10 x de R$ 520,00 sem juros. Potência do motor: 350 Watts Bateria: Chumbo – 48 V / 12ah Ciclo profundo Velocidade Máxima: 25 Km / h Autonomia: Aprox. 30 Km em terreno plano (considerando uma pessoa de 50Kgs em terreno plano, carga completa e com ajuda dos pedais) Freio: Tambor Traseiro / Disco Dianteiro Pneu / Aro: 24

Em Niterói, a marca mais vista nas ruas é a Lev, que mantém duas lojas em Icaraí. Apesar da bicicleta elétrica dificilmente dar oficina, a presença de uma assistência técnica passa tranquilidade ao consumidor.

Os modelos da Lev custam a partir de R$ 6.380,00, a vista ou parcelado. O modelo mais em conta é a E-Bike. Motor: 350w, aro: 18″ com rodas de liga leve, bateria de chumbo ou lítio (opcional) removível com 36V | 12Ah, autonomia de 25 km, velocidade máxima 25 km/h.

Usei uma Lev E-Bike S por um ano. Motor de 35oW, aro 22”. Estou na segunda bike do mesmo modelo. Totalizando, rodo com essas elétricas há dois anos e meio e nunca precisaram de manutenção. Circulo uma média de 50 quilômetros por semana e não quero saber de outro meio de transporte.

As desvantagens da maioria das marcas é não ter amortecedores traseiros. Nos pisos irregulares os ciclistas sofrem, mas nada que não possa ser contornado.

Muita gente tem comprado modelos usados. Sem problema, desde que seja numa revenda de confiança. Fato é que a bicicleta elétrica se afirmou no mercado e a tendência é ficar mais barata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.