Apae de Niterói sofre com ação de estelionatários

Geovanne Mendes –

Doar é sem sombra de dúvidas um ato de amor, mas em Niterói esse ato tem esbarrado na falta de escrúpulos de pessoas que estão se aproveitando da boa vontade alheia para enganar outras centenas. Há dois meses, a direção da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Niterói, no Centro, descobriu por intermédio de associados, como são chamadas as pessoas que contribuem para a instituição, que duas ou mais pessoas estariam se passando pela associação e oferecendo rifas, pedindo contribuições em dinheiro de porta em porta e disseminando notícias falsas, entre elas de que a Apae estaria fechando as portas, tudo isso para causar comoção na sociedade e facilitar o golpe.

“Isso é o fim dos tempos, um absurdo. Já abrimos um boletim de ocorrência nas delegacias do Fonseca (78ª DP), na Zona Norte, e em Icaraí (77ª DP), na Zona Sul, para que essa quadrilha interrompa esses roubos. Os nossos recibos são timbrados, feitos em impressoras do tipo matricial, com o nome completo do contribuinte e só é emitido após a nossa funcionária de telemarketing entrar em contato e solicitar a contribuição. Depois disso é que enviamos um motoboy, funcionário da Apae, até a casa da pessoa. Ficamos sabendo que na sexta-feira eles já tinham vendido a rifa número 37 para o sorteio de uma TV. Sem dúvidas uma grande farsa que a polícia vai desvendar. Precisamos de doações sim, mas não estamos fechando as portas”, denuncia a presidente da Apae, Sônia Saraiva dos Anjos.

O local oferece serviços gratuitos de fisioterapia, fonoaudiologia, atendimento psicológico, grupo de apoio para mães e atividades culturais e desportivas para cerca de 200 pessoas com deficiência intelectual. Quem quiser doar e contribuir basta ligar para o telefone 99959-1681 ou depositar os valores na conta da Apae (Banco Santander, agência 3531, conta corrente 13000504-1).

Reforma
A Prefeitura de Niterói anunciou recentemente que vai reformar o prédio da instituição. “Essa reforma é essencial para continuarmos o trabalho da Apae em Niterói. Várias empresas estão nos ajudando, inclusive a consertar o elevador da instituição. A prefeitura já começou os trabalhos e a pintura já foi realizada, eles estão trabalhando na reforma e a gente comemora”, explica a presidente da Apae.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 2 =