Anvisa autoriza importação de matéria-prima para vacina

A Anvisa autorizou na quarta-feira (28) a importação em caráter excepcional da vacina na forma de um produto intermediário, isto é, produto não envasado, fabricada pela empresa Sinovac Life Sciences Co. Ltd.

A solicitação foi feita pelo Instituto Butantan para importação, em caráter excepcional, da matéria-prima para fabricação da vacina adsorvida Covid-19 (inativa), em estudo clínico fase III, ainda sem registro no Brasil. Os estudos ainda estão em andamento e não existe previsão de data para a vacinação.

O tema foi discutido em circuito deliberativo, entre terça-feira (27 e quarta-feira (28). O circuito deliberativo é uma instância de votação on-line dos diretores da Agência.

A autorização definiu algumas condições para a importação excepcional. A decisão e o teor do voto estão disponíveis aqui.

Casos – A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou que registrava, até quarta-feira (28), 306.672 casos confirmados e 20.376 óbitos por coronavírus (Covid-19) no estado. Há ainda 438 óbitos em investigação e 2.162 foram descartados. Entre os casos confirmados, 281.259 pacientes se recuperaram da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 19 =