Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade o uso emergencial das vacinas de Oxford/Astrazeneca e Coronavac/Butantan. Dos cinco votos da diretoria, todos se posicionaram a favor, acompanhando a relatora dos pedidos, Meiruze Freitas.

A relatora ainda destacou que os benefícios da vacina superam eventuais riscos. Ela ainda destacou que não há tratamentos terapêuticos comprovados para o coronavírus, o que amplia a necessidade da aprovação dos imunizantes.

Mais cedo, durante a reunião da diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o diretor Gustavo Mendes, da Gerência-Geral de Medicamentos da Anvisa, recomendou a aprovação do uso emergencial da Coronavac, “condicionadas ao monitoramento das incertezas e reavaliação periódica”.

As incertezas citadas pelo diretor são o tempo de imunidade e a reavaliação periódica da vacina. Ele exibiu dados apresentados nos pedidos do Instituto Butantan para a Corovac, e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para a de Oxford.

Os pedidos para o uso dos imunizantes foi protocolado junto à agência no dia 8 de janeiro. O Instituto Butantan solicitou o uso para 6 milhões de doses da Coronavac, importadas da China; enquanto a Fiocruz pediu para utilizar 2 milhões e doses da vacina de Oxford, que serão importadas da Índia. As instituições irão fabricar os imunizantes no Brasil.

Vacinação deve começar na quarta

O prefeito de Niterói Axel Grael (PDT) informou que a vacinação contra Covid-19, em todo o país, deve iniciar, simultaneamente, na próxima quarta-feira (20), às 10h. Ele afirma que a informação foi passada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião por videoconferência com mais de 130 prefeitos, realizada na manhã de quinta-feira (14).

“Hoje [quinta-feira – 14], mais cedo, participei de uma reunião por videoconferência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e mais de cem prefeitos, para falarmos do processo de vacinação. A reunião foi promovida pela Frente Nacional de Prefeitos. De acordo com o número de doses que forem recebidas estaremos cumprindo as regras e ordens de prioridade”, explicou Axel em pronunciamento nas redes sociais.

O planejamento de imunização de Niterói terá mais de 100 pontos de vacinação contra a Covid-19 para a primeira fase, que começa na próxima semana. Nesta etapa, receberão a vacina profissionais de Saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência, como casas de repouso e abrigos. Os demais grupos obedecerão as etapas definidas pelo Governo Federal. Por enquanto, o número de doses ainda não foi divulgado.

Em entrevista coletiva concedida após a aprovação dos imunizantes, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a distribuição para os estados começa amanhã, às 7h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − três =