Anvisa aprova primeiro medicamento contra Covid-19 e Vacina Oxford/AstraZeneca ganha registro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de anunciar o registro definitivo da vacina Oxford/AstraZeneca, além de um medicamento contra a Covid-19, o antiviral Rendesivir. O remédio será indicado para o tratamento da doença para pacientes hospitalizados e terá bula.

A vacina Oxford/AstraZeneca só tinha o registro para uso emergencial e agora ganhou o definitivo. De acordo com nota da Anvisa, para ser aprovada, a vacina precisa passar por estágios de desenvolvimento. O estágio inicial é feio em laboratório, com análise do vírus e de moléculas para definição da melhor composição do produto.

Após essa primeira fase o imunizante é testado em animais e a etapa dos estudos clínicos é dividida em três fases, com testes em humanos. Mas esse último somente após dados de segurança e possível eficácia.

Os dados do medicamento Rendesivir demonstram que ele pode prevenir uma progressão da doença em adultos e adolescentes acima de 12 anos. Foi demonstrado nos estudos um menor tempo de recuperação do paciente e logo a redução do tempo de hospitalização. A Gerente de Farmacovigilânciada Anvisa, Helaine Carneiro Capucho, explicou sobre os riscos do uso do medicamento prescritos na bula. “A forma de uso vem de todos os estudos, desde o armazenamento, e tudo isso é importante para a benefício risco. Os profissionais da saúde e pacientes devem reportar as reações para a agência. Isso para monitoramento da análise. Além disso foram analisados dados de outros países e esse plano foi aprovado com monitoramento pós comercialização. Me solidarizo com todos que estão lutando pela doença e a chegada de um medicamento é uma esperança”, frisou.

O gerente geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, Gustavo Mendes, também frisou a esperança. “Realmente é uma esperança nova que surge com esse novo tratamento, e mais a vacina que vem como estratégia de enfrentamento da pandemia”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 2 =