Antiga fábrica de sardinhas de São Gonçalo dá lugar a um atacadista

O grande parque industrial da antiga fábrica de sardinhas Coqueiro, no Porto Velho em São Gonçalo, dará lugar a mais uma filial do Assaí Atacadista. O atacadista será o segundo a ser inaugurado na Região Metropolitana, o primeiro estabelecimento fica no Barreto, em Niterói. A previsão de inauguração do novo empreendimento é até o final deste ano. No local a fachada da fábrica ainda está mantida mas o grande terreno já teve grande parte das estruturas derrubadas.

No grande pátio da antiga fábrica tudo está sendo demolido e nada será aproveitado. Informações de trabalhadores do local que não se identificaram todo o entulho será retirado e o terreno ficará vazio para a nova construção.

O encanador Jairo Aguiar, 58 anos, mora em Neves há 25 anos e está feliz com a construção do novo empreendimento no bairro vizinho. “Eu acho que será ótimo para quem mora em São Gonçalo, principalmente nos bairros mais próximos. A fábrica de sardinha era muito boa e gerava muito emprego para quem morava na região. Foi uma pena ter acabado. Mas esse atacadista vai ser bem melhor para a gente com opção de compra por preços mais baixos. Estamos cercado de bons mercados e esse será mais um. Além disso eu acho que também vai empregar bastante gente”, contou.

O Assaí foi questionado sobre os detalhes da construção e também da geração de emprego na cidade e respondeu que serão contratadas 500 pessoas, entre funcionários diretos e indiretos. O processo seletivo ainda não está aberto e a população será informada quando for iniciado. “São Gonçalo é um município que engloba diversas atividades econômicas, sendo uma região estratégica para negócios. A cidade faz parte da Região Metropolitana Fluminense e conta com pequenos e médios comerciantes locais. A nova loja atenderá, portanto, essa demanda latente por um atacado que incentiva a economia, ofereça uma experiência superior de compras e abasteça os comerciantes da região”, afirmou Moacir Sbardelotto, diretor Regional do Assaí.

A fábrica Coqueiro foi fundada em 1937 era considerada o grande empreendimento de São Gonçalo, um verdadeiro parque industrial que empregava centenas de pessoas para mão de obra local. Especializada em enlatar sardinha e atum o grande empreendimento foi perdendo sua potência ao longo dos anos. A fábrica migrou para Itajaí, no Estado de Santa Catarina (SC), onde já funciona outras indústrias desse segmento; e onde concentra um setor pesqueiro muito forte.

A Coqueiro também foi questionada para essa reportagem mas não se manifestou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =