Anthony Garotinho diz que vai disputar o Governo Estadual

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (União Brasil), confirmou a pré-candidatura ao Governo do Estado em uma transmissão ao vivo nas redes sociais na tarde de hoje (18). A oficialização ocorreu um dia depois de Garotinho se encontrar na última ontem (17) com o presidente do partido e pré-candidato à presidência da República, Luciano Bivar, que ainda possui o ex-juiz Sérgio Moro como vice na chapa.

Durante o pronunciamento, Garotinho destacou a atual situação dos estaleiros de Niterói e São Gonçalo, e a falta de emprego no estado.

“Esse Garotinho está arriscando demais. Poderia ter uma votação tão fácil para deputado… As vezes passo pela ponte Rio-Niterói quando estou indo para Campos dos Goytacazes, e olho para Niterói e São Gonçalo, e vejo aqueles estaleiros todos fechados, o povo sem emprego. E nesses últimos anos nada foi feito. Eu fico muito triste e isso me leva a uma reflexão: se eu coloquei a minha vida a serviço do povo do Estado, por que não fazer mais uma vez?”, disse.

Garotinho durante fala nas redes sociais – Reprodução

No entanto, o ex-governador possui duas condenações em segunda instância que o tornam inelegível: uma por improbidade administrativa e outra por cooptação de votos. Entretanto, Garotinho se ampara em um recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na esfera eleitoral, o que permitira a concorrência no pleito deste ano. Além disso, ainda há uma esperança do pré-candidato na Justiça Comum, apostando que o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheça a retroatividade de mudanças recentes na lei de improbidade, fazendo a condenação prescrever.

O ex-governador protocolou a pré-candidatura no União Brasil, e o nome de Garotinho será debatido e votado. No entanto, ele já está autorizado para falar como pré-candidato ao Palácio da Guanabara pela legenda. Com a confirmação, o partido deve desembarcar formalmente do governo de Cláudio Castro (PL). Dirigentes da legenda sempre reclamaram de acordos não cumpridos durante a gestão do atual chefe do executivo.

RIXA – Garotinho é adversário político no Norte Fluminense do secretário de Governo de Cláudio Castro, Rodrigo Bacellar (Solidariedade). Por isso, o ex-governador sempre ameaçava lançar a candidatura própria ao Executivo Estadual, com o objetivo de dividir votos de Castro na região.

Foto: Garotinho recebeu a benção de Luciano Bivar, presidente nacional do União Brasil, na última terça-feira (17) – Reprodução / Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.