Aniversário de Niterói é celebrado com missa solene

Iniciando a agenda oficial de comemorações dos 448 anos de Niterói, está sendo celebrada, na manhã desta segunda-feira (22), a tradicional missa que marca o início das homenagens ao aniversário da cidade. Como de costume, a missa é celebrada por Dom Frei Alano Maria Pena, na Igreja São Lourenço dos Índios, e contou com a presença de várias autoridades do município, incluindo o perfeito da cidade, Axel Grael.

O prefeito explicou que a cidade tem muito o que comemorar. “A cidade se desenvolveu de uma forma muito bonita e avança cada vez mais para ser uma cidade referência em sustentabilidade, com justiça social. Tenho orgulho dessa trajetória que começou no local dessa igreja, em São Lourenço. A cidade está em um bom momento, superando a pandemia, retomando a economia e com presentes para a população”, frisou.

Grael explicou sobre o anúncio de um plano de investimentos de bR$ 2 bilhões em infraestrutura para retomada através de uma carteira de investimentos em drenagem e pavimentação, por exemplo. Isso também acarretará geração de emprego em cerca de 12 mil postos de trabalho além de deixar a cidade mais atraente para iniciativa privada.

O presidente da Câmara Municipal de Niterói, o vereador Milton Cal,disse que é importante a união nesse momento. “Niterói é uma cidade que tem na sua essência muita união, principalmente nesse momento de ajuste de pandemia. Isso atrapalha todos nós e hoje só temos motivos para comemorar. No ano passado não teve missa mas esse ano estamos com muita segurança para essa celebração, com as pessoas vacinadas”, contou.

HISTÓRIA DA FUNDAÇÃO DE NITERÓI

De acordo com a Secretaria de Cultura de Niterói a data oficial de fundação da cidade de Niterói, estabelecida através da Deliberação n.º 106, de 10 de março de 1909, é 22 de novembro de 1573. É a data que consta do Auto da Posse da Sesmaria. Arariboia teria recebido as terras em atendimento a uma Petição que encaminhara a Mem de Sá. Na verdade, os temiminós; trazidos do norte da capitania de São Tomé para participarem da luta contra os franceses; já estavam estabelecidos aqui desde 1568, no entanto, as lutas que ainda travavam contra os tamoios podem ter impedido a realização da cerimônia de posse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + nove =