Alvarás podem ser pedidos pela internet em Itaboraí

Abrir uma empresa está cada vez mais ágil e simplificado em Itaboraí. A partir de agora, empreendedores interessados em obter alvará para atividades na cidade poderão solicitar o documento pela internet. Com isso, os trâmites processuais podem ser concluídos em até 24 horas, desde que o interessado reúna todos os documentos necessários e pague as taxas dentro dos prazos.

O procedimento é realizado por meio do Sistema de Registro Integrado (Regin), da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), que visa a desburocratizar o processo de abertura e alteração de empresas, integrando os órgãos públicos envolvidos, dentre eles, a própria Junta Comercial, Receita Federal, Secretaria de Fazenda Estadual e prefeituras.

Para solicitar o documento, o contribuinte deverá acessar o site da Jucerja, ou, se preferir, acessar o link disponibilizado no site da Prefeitura . Para utilizar o serviço é necessário criar um cadastro no site da Jucerja.

A ferramenta conta com informações sobre documentação, suas etapas e taxas necessárias para a obtenção do documento. Ao cumprir as etapas, o contribuinte receberá uma notificação de que seu alvará está disponível para a impressão.

De acordo com Ricardo Gonçalves, fiscal de posturas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Itaboraí, inicialmente essa opção estará disponível apenas para atividades de baixo risco. Segundo ele, a expectativa é a de que outros serviços estejam disponíveis para os empreendedores futuramente.

“A vida do investidor fica muito mais fácil com isso. Antes, apenas a consulta prévia para verificar a viabilidade da implantação de uma empresa no município poderia demorar até dois meses. E só então, o interessado poderia abrir o processo para solicitar o alvará”, explica Ricardo.

Segundo Humberto Mattos, fiscal de posturas e responsável pelo Centro do Empreendedor de Itaboraí, desde 2014, quando o Regin foi implantado, o tempo de resposta para as consultas prévias foram reduzidas para dois dias e, a partir de agora, a emissão do alvará pode ser concluída em até 24 horas.

“Somente as consultas online resultaram em 1.443 processos físicos a menos, desde que passou a funcionar. O que significa que cerca de 11.600 páginas deixaram de ser impressas. Com o alvará online, esse número será ainda maior”, calcula Humberto.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Itaboraí, Luiz Fernando Guimarães, lembra que, aqueles que preferirem, poderão continuar solicitando o serviço pessoalmente no Centro do Empreendedor da Prefeitura, localizado no Helix Business Center, na Avenida 22 de Maio, 1.233, no Centro.

“Esse é apenas o primeiro passo. Porque a gente já trabalha com a ideia de que, em breve, outros serviços de outras secretarias possam ser realizados online. Pagamentos de IPTU, ISS e emissão de certidões são alguns deles”, explica.

One thought on “Alvarás podem ser pedidos pela internet em Itaboraí

  • 21 de setembro de 2016 em 10:16
    Permalink

    Parabéns pela iniciativa. Bom saber que existem funcionários públicos que se esforçam para ajudar a população.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =