Alunos contrários e favoráveis à ocupação de escola entram em confronto no DF

Estudantes que ocupam o Centro de Ensino Médio Asa Branca (Cemab), em Taguatinga (DF), entraram em confronto com outro grupo, que quer a desocupação da escola, no início da noite de hoje (31). De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal, foram usadas bombas caseiras e coquetéis molotov na ação. Por volta das 22h, ainda havia movimentação no local e a PMDF tentava negociar o que chamou de “impasse” entre os dois grupos. Não há informação sobre feridos no episódio.
enem
Uma militante favorável à ocupação divulgou um vídeo nas redes sociais relatando o ocorrido. Segundo ela, a ação foi iniciada por movimento chamado “desocupa”. Os integrantes desse movimento seriam responsáveis por tentar forçar a saída dos estudantes que ocupam o Cemab.
A ação do grupo de alunos contrários à ocupação ocorre às vésperas do final do prazo dado pelo Ministério da Educação (MEC) para a desocupação de escolas em que haverá aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos próximos dias e de novembro. Segundo o MEC, o Enem será cancelado nas instituições que continuarem ocupadas.

De acordo com o MEC, o prazo dado “é para que ainda haja tempo hábil para realização das provas nos locais. Caso as ocupações sejam mantidas, prejudicando os alunos que fariam prova nesses locais, o Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira] terá de fazer a prova em outra data para aqueles estudantes que não conseguiram. Não há data definida porque o MEC ainda aguarda que o bom senso prevaleça”, diz o ministério por meio da assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *