Alerta na Zona Sul de Niterói

Augusto Aguiar –

Já está nas redes sociais mais um vídeo, registrado por câmeras de segurança, no qual criminosos fortemente armados rendem vítimas numa das vias da Zona Sul de Niterói. Dessa vez o flagrante ocorreu na esquina das ruas Capitão Zeferino e Gavião Peixoto, em Icaraí. Na verdade, em ordem cronológica das ocorrências flagradas pelas câmeras, este teria sido o segundo ataque provavelmente de uma mesma quadrilha, no intervalo de apenas uma hora, e o terceiro em menos de uma semana.

Pela ordem, nos últimos ataques uma mesma quadrilha rendeu duas vítimas por volta da 1 hora da manhã, quando cinco bandidos armados (um deles portando possivelmente um fuzil ou uma réplica) cercaram o carro onde estavam as vítimas, rendendo-as e roubando seus pertences. Toda ação levou apenas alguns segundos. Na edição desta terça-feira, A Tribuna relatou outro ataque, onde dois casais e uma criança foram rendidas. Este seria o segundo assalto praticado pelo bando no mesmo perímetro, ocorrido às 2 horas da manhã, dessa vez na esquina da Rua Cinco de Julho, há poucas quadras de onde ocorreu o primeiro roubo gravado pelas câmeras.

Nas redes sociais, o comentário foi que não precisa de muito esforço para identificar que as duas ocorrências foram praticadas pelos mesmos criminosos, que estão sendo investigados pela 77ª DP (Icaraí). Também não é difícil arriscar que o mesmo bando estaria percorrendo várias ruas da Zona Sul à procura de vítimas, tendo sido registrados dois desses ataques, num desafio as autoridades policiais, que trabalham para conter a incidência desse tipo de crime na cidade, sobretudo em bairro da Zona Sul.

Vale relembrar que no fim da noite do último dia 31, o condutor de um veículo foi rendido e arrancado de um veículo, em frente ao Condomínio Chácara de São Francisco, na Rua Nossa Senhora de Lourdes, no mesmo bairro, nas imediações do Parque da Cidade. Além do carro, a vítima teve os pertences roubados por uma quadrilha. A ocorrência foi registrada na 79ª DP (Jurujuba). A polícia dispõe da gravação das três ocorrências registradas pelas câmeras de segurança. Além das próprias polícias Civil e Militar, essas e outras ocorrências já são do conhecimento e viraram pauta do próximo encontro do Conselho Comunitário de Segurança de Niterói (CCSN).

“Esses casos já vêm sendo acompanhado pelos órgãos de segurança pública na cidade. Essas ocorrências demonstram o desespero do tráfico, que está descendo para as ruas, inclusive portando fuzis. Não é uma modalidade comum. São ataques visando principalmente roubos de pertences e, no caso dos veículos, os mesmos são abandonados depois que os marginais roubam os objetos pessoais no interior desses carros. Os bandidos estão querendo dinheiro rápido e por isso subtraem os pertences para revender. Hoje Niterói dispõe de um conjunto de equipamentos de segurança muito bom, mas que não está conseguindo frear a incidência dos crimes. Esse assunto estará em debate na próxima reunião que realizaremos, e entre outros temos a serem debatidos com representantes da área de Segurança estará ampliação do horário do programa Niterói Mais Presente”, explicou o presidente do CCSN, Leandro Santiago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − sete =