Alerj reduz horário de funcionamento em razão da pandemia

Devido ao aumento do número de pessoas infectadas pela covid-19 na cidade do Rio de Janeiro, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) decidiu restringir o horário de funcionamento da casa com a intenção de reduzir a circulação de pessoas nas ruas, principalmente para evitar a aglomeração em transporte público. A reorganização de horário vale tanto para funcionários e deputados, quanto para visitantes nos prédios do Parlamento fluminense. 

A partir de segunda-feira, o funcionamento presencial terá início às 10h, com encerramento às 15h. Sessões e audiências continuam a ser realizadas remotamente por vídeoconferências,  entre  12h e 14h as plenárias e das 14h às 15h, o expediente final. O horário presencial da área administrativa é o mesmo de funcionamento da Casa, entre 10h e 15h, observando-se as escalas de cada diretoria, departamento e gabinetes. O horário do trabalho remoto fica a cargo de cada diretoria ou departamento, de acordo com especificidades e  necessidades de cada um. 

Agora em março, o Parlamento aprovou a criação do auxílio emergencial Supera Rio (Lei 9.191/21), que vai repassar até R$ 300 a famílias que perderam totalmente a renda neste período de pandemia e que não recebem outro tipo de benefício. O pagamento está em fase de regulamentação pelo Governo do Estado. Medidas como essas reforçam o papel fundamental do Legislativo no suporte ao cidadão do estado, que enfrenta uma crise sem precedentes. 

O novo horário de funcionamento passa a vigorar a partir de segunda-feira (22), em caráter temporário. 

Funcionamento da Casa – entre 10h e 15h

Sessões plenárias – das 12h às 14h

Expediente final – das 14h às 15h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − quatro =