Alegria da Zona Norte é a campeã do Carnaval de Niterói-RJ

O Carnaval niteroiense conheceu ontem as escolas de samba campeãs dos grupos A, B e C, que desfilaram na última segunda e terça-feira, na Rua da Conceição, no Centro. Pelo grupo A, a vencedora foi a Alegria da Zona Norte; pelo B, a Experimenta da Ilha da Conceição e pelo C, a União da Engenhoca. A apuração foi realizada na quadra da Unidos do Viradouro, no Barreto, com a presença de centenas de integrantes das agremiações que desfilaram. Em todos os grupos, a disputa foi acirrada pelas primeiras colocações e evitar o rebaixamento.

A apuração começou pelo grupo C. A disputa foi equilibrada entre União da Engenhoca, Tá Rindo Porque e Independente do Boaçu. A primeira obteve 196,8 pontos e subiu para o grupo B, onde desfila em 2019. A segunda foi vice-campeã, com 195,8 e a terceira, 196,6. Foram rebaixadas as três últimas colocadas: Grilo da Fonte (7º lugar), com 192,4; Unidos do Barro Vermelho (8º), 191,4; e União do Maruí (9º), 188,8. Elas não poderão desfilar na Rua da Conceição competitivamente no próximo ano e a Comissão de Carnaval de Niterói vai definir como e quando elas retornam ao desfile.

O presidente da União da Engenhoca, Anderson Canela, creditou a vitória ao esforço da comunidade. “Eu tinha esperança. Trabalhamos muito para reerguer a escola. A comunidade sempre esteve com a gente”, disse. A agremiação apresentou o enredo ‘Dos engenhos da Engenhoca: nosso povo, nosso bairro, nossa gente’, de autoria de uma comissão de Carnaval.

No Grupo B, a Experimenta da Ilha da Conceição logo confirmou o favoritismo e venceu com sobras. Obteve 199,7 pontos. À frente da vice-campeã Bafo do Tigre, com 197,2. As duas sobem para o Grupo A em 2019. As demais escolas foram: Balanço do Fonseca (3º), com 197; Tá Mole, mas é meu (4º), 196,8; Garra de Ouro (5º), 196,6; Unidos do Sacramento (6º), 196,2; Bem Amado (7º), 195,6; Cacique de São José (8º), 195,1; Amigos da Ciclovia (9º), 194,9 e Galo de Ouro (10º), 194,5. Última colocada, esta foi rebaixada para o C. “A Ilha da Conceição vai ficar pequena para a nossa festa. A gente realizou um Carnaval sem quadra durante boa parte do ano. Com muita dificuldade. Eu fiz um enredo sobre a minha avó Luiza, que me apresentou ao mundo do samba. Falaram que eu era maluco, pois a minha avó era desconhecida. Eis o resultado”, festejou o presidente da agremiação, Rodinei Pinto Pontes. O enredo foi ‘Luiza, a Matriarca do samba. Uma rainha, uma mãe’. Com notas dez em quase todos os dez quesitos, perdeu apenas três décimos em dois.

A disputa pelo título do Grupo A foi quesito a quesito entre a Alegria da Zona Norte e Império de Araribóia. A escola do Fonseca venceu com 199,5 pontos. A segunda perdeu por meio ponto. As demais foram: Sabiá (3º), 198,6; Folia do Viradouro (4º) – bicampeã no ano passado – com 198,2; Combinado do Amor (5º), 197,8; Souza Soares (6º), 197,7; Unidos da Região Oceânica (7º), 197,6; Magnólia Brasil (8º), 197,4; Grupo dos XV (9º), 197,1 e Mocidade Independente de Icaraí (10º), 196,7. As duas últimas foram rebaixadas para o Grupo B. “A nossa escola foi fundada em 5 de dezembro de 2008. Em quatro anos chegamos ao A. Eu credito a vitória à minha equipe, que trabalhou muito e ao meu carnavalesco, Luíz Espíndola”, festejou Chaymme Santos, presidente da escola campeã. Em cada grupo as três primeiras receberam um troféu. O enredo foi ‘África, sua herança cultural num grito de liberdade’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *