Alameda e RJ-104 são recordistas de acidentes

Anderson Carvalho –

A Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), entre a altura da Caixa D’Água, no bairro do Caramujo, passando ainda pelos bairros do Baldeador, Santa Bárbara e Maria Paula (divisa com São Gonçalo), é a via recordista de acidentes de trânsito esse ano, com uma média de oito por mês. A informação é do 3º Grupamento dos Bombeiros Militares (GBM), de Niterói. Seguida da Alameda São Boaventura, no Fonseca, com uma média de seis acidentes. Os números referem-se aos quatro primeiros meses do ano.

De acordo ainda com o levantamento do 3º GBM, em 2015 foram registrados 96 acidentes na rodovia, uma média de oito por mês e em 2016, 100 acidentes. Os dados de 2017 são referentes aos quatro primeiros meses deste ano. Na Alameda São Boaventura houve 122 acidentes na via (média de 10 a 11 por mês) e em 2016, houve 94 (oito por mês). A RJ-104 é de responsabilidade do Estado, cuja manutenção deveria ser realizada pelo Departamento de Estradas de Rodagem, e se encontra com buracos, mato às margens, que encobre a visibilidade dos motoristas, e outras ciladas que propiciam os acidentes.

Na Avenida Visconde do Rio Branco, no Centro de Niterói, foram 52 acidentes em 2015; 50 em 2016 e de janeiro a abril de 2017, uma média de 3 a 4 por mês. Na Rua Noronha Torrezão, no bairro do Cubango, houve 46 acidentes (média de 3 a 4 acidentes por mês); 36 em 2016 e em 2017, três acidentes por mês. Em seguida, na Avenida Roberto Silveira, em Icaraí, foram registrados 37 (média de três por mês); 31 em 2016 (2,5) e em 2017, média de 2,5 nos quatro primeiros meses.

Em todo o município foram registrados em 2015 1.325 acidentes. Em 2016 o número caiu para 1.270. Nos quatro primeiros meses deste ano somaram 476. Ainda de acordo com o 3º GBM, os meses que registraram mais acidentes foram agosto (78), maio (75), dezembro (72) e fevereiro (68). No estado do Rio de Janeiro 1.902 pessoas morreram no trânsito no ano passado e 36.364 ficaram feridas, conforme dados do Detran-RJ.
“Consideramos como acidentes, colisões entre veículos diversos, batidas de veículos em postes e outros pontos fixos, atropelamentos e quedas de motocicletas. Fizemos ainda parceria com a prefeitura na campanha de prevenção de acidentes e capacitação de agentes de trânsito”, contou o comandante do 3º GBM, tenente coronel Renato Grigorovski.

No último dia 18 teve início em todo o país a Semana Nacional do Trânsito, promovida pelo Detran. Neste sábado (23), o Detran Presente estará na cidade com um mutirão atendimento para vistoria anual de veículos, das 9h às 16h, no Caminho Niemeyer, no Centro. No mesmo dia haverá exposição de fotos (sobre boas e más condutas no trânsito), com curso Oficina sob Medida também durante o Detran Presente. A Semana termina no próximo dia 25.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 4 =