Agentes federais e da Core realizam operação no Complexo do Salgueiro

O Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, mais uma vez virou alvo de uma operação, que começou na manhã dessa quinta-feira (28). Dessa vez, agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais, da Polícia Civil, e policiais federais percorreram a localidade com objetivo de desarticular uma organização criminosa que atua na região.

Também atuam na ação, agentes da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e Tráfico de Armas (DELEPAT), que também visa cumprir Mandados de Busca e Apreensão em iimóveis utilizados por integrantes de uma organização criminosa de tráfico de drogas que atua naquela região. Num primeiro momento foram apreendidos um fuzil AK-47, de fabricação russa, uma pistola Glock, granadas, carregadores e drogas. O material arrecadado foi encaminhado para a sede da Polícia Federal, na Praça Mauá, na Zona Portuária do Rio.

Dois veículos blindados e um helicóptero deram suporte a operação, que ocorre 48 horas após a morte do traficante 3N e cinco comparsas em confronto com policiais militares, num sítio localizado em Itaboraí, na terça-feira (26). Ele era líder do tráfico no Salgueiro e e deixou a região, onde a venda de drogas é ligada a facção CV, para entrar na facção rival TCP, gerando uma violenta disputa pelo controle de território pelo tráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *