Agentes federais e civis realizam operação contra roubo de carga e tráfico em São Gonçalo

Durante uma operação integrada, das polícias Federal e Civil, resultou, nas primeiras horas da manhã dessa quinta-feira (29) na prisão do chefe do tráfico de drogas nos bairros Boavista e Boaçu, em São Gonçalo. Denominada Operação Niterói, a ação foi desencadeada pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e Tráfico de Armas (DELEPAT/RJ) em conjunto com a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), com objetivo de localizar e prender Wanderson Pinheiro de Castilho, conhecido como Coroa ou Branco, apontado como líder do tráfico e que também comandava uma quadrilha de roubos de carga. A operação contou com a utilização de uma aeronave e três veículos blindados da Core. Ninguém ficou ferido na ação.

Logo ao amanhecer as equipes incursionaram no Complexo do Salgueiro, também em São Gonçalo, para a verificação das informações de inteligência de possíveis esconderijos do alvo Coroa, que é integrante da mesma facção criminosa que controla a venda de drogas no Complexo do Salgueiro, estava escondido num imóvel situado na Rua Tenente Nilton Teixeira, na localidade Fazenda dos Mineiros. Em poder do criminoso foi apreendida uma pistola, calibre 9 milímetros, de fabricação Turca , além de cocaína, maconha, material para embalar e refino de drogas. No imóvel foi encontrado também uma caminhonete, modelo Fiat Toro (roubada), que era usada pelo traficante para transitar entre as comunidades da região.

Também durante a operação foi preso o traficante Luiz Alberto Serafim de Oliveira, conhecido como Budigo, contra o qual existiam dois Mandados de Prisão por condenações pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa. Os traficantes presos e todo o material apreendido na operação foi levado para a sede da Polícia Federal, na Praça Mauá, Centro do Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − treze =