Adolescente suspeito de participar de atentado em Arraial do Cabo é apreendido

Foi apreendido o adolescente de 15 anos suspeito de ser um dos responsáveis por atentado que matou três pessoas, numa festa de Réveillon, na madrugada de sexta-feira (1º), em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. Um policial militar reformado está entre as vítimas.

A ação foi realizada por policiais civis da 132ª DP (Arraial do Cabo). De acordo com a distrital, no dia do crime houve uma briga entre o casal, em um quiosque. O PM estava no local e apartou a confusão.

Cerca de 20 minutos depois, dois homens chegaram ao lugar e atiraram contra o policial, que reagiu e conseguiu balear um dos criminosos, identificado como Éder da Silva Paim Júnior, que morreu no Hospital Geral de Arraial do Cabo. O policial militar morreu no local. Um rapaz, que estava no bar, foi baleado, socorrido, mas também morreu no hospital.

Segundo a Polícia Civil, Éder estava foragido e vinha sendo procurado pela polícia. Contra ele, havia um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça por tráfico de drogas. O adolescente também é investigado por envolvimento em atividades criminosas e já foi apreendido após trocar tiros com a polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + um =