Acusado de estupro de menor há cinco anos em Niterói é preso na Região dos Lagos

Policiais Civis da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) prenderam, na manhã desta quinta-feira (27), na Zona Rural de Saquarema, na Região dos Lagos, o pedreiro João Paulo de Souza, 43 anos, acusado de estuprar uma criança em Niterói, em 2015.

Contra João Paulo havia um mandado de prisão preventiva expedido com base em investigações desenvolvidas pela 81ª DP (Itaipu) há cinco anos. Ele é acusado de ter abusado sexualmente da vizinha, à época com 11 anos de idade.

Na manhã do dia 18 de janeiro de 2015, o acusado teria se aproveitado dos laços de confiança e amizade que mantinha com a mãe da criança, saiu de casa dizendo que levaria a suposta vítima para passear na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

Preocupada por não conseguir fazer contato com a filha durante todo dia, a mãe da vítima foi até a casa de João Paulo, onde percebeu uma movimentação no interior do imóvel. Ao forçar a entrada na casa ela afirmou que encontrou a menina completamente despida e dopada.

Exames periciais comprovaram a violência sexual. O pedreiro não soube explicar a situação e no mesmo dia fugiu do local, permanecendo foragido até ser localizado nesta manhã pelos policiais da DCAV, com base em dados de inteligência produzidos pela própria unidade. João Paulo foi encaminhado ao sistema penitenciário e permanecerá preso, à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =