Acidente na RO: Inquérito segue nesta quarta para o MP

Está encerrada a investigação, por parte da Polícia Civil, sobre o acidente que vitimou três jovens, na Região Oceânica, no dia 8 de abril deste ano. O delegado Fábio Barucke, titular da 81ª DP (Itaipu), responsável pela apuração do caso, confirmou que o inquérito será remetido ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), nesta quarta-feira (5), menos de um mês após o acontecimento.

Barucke ainda confirmou o indiciamento do motorista, Leonardo Moraes da Silva Pagani, de 19 anos, por homicídio com dolo eventual, por suspeita de ter consumido bebida alcoólica antes da capotagem, na pista sentido Cafubá da Estrada Francisco da Cruz Nunes. Ainda segundo o delegado, os laudos finais, que restavam para serem anexados no inquérito, não trouxeram novidades.

“Uma investigação que trata de perda de vidas é sempre muito sensível, e isso nos leva a tratar o inquérito em prioridade e dedicar o tempo para uma desfecho mais célere possível, com todas as peças necessárias para decisão final da justiça”, afirmou o delegado, citando a rapidez para o andamento da investigação.

Após ser encaminhado ao MPRJ, o o inquérito passará por uma distribuição para, após a remessa dos autos, ser definido quem será o promotor responsável. Caberá ao órgão decidir se confirma a denúncia à Justiça pelo crime, se irá modificar o indiciamento para homicídio culposo, ou mesmo optar pelo arquivamento do caso.

Uma das últimas etapas da investigação aconteceu nesta quarta-feira (28): o depoimento do suspeito de causar o acidente, Leonardo Moraes da Silva Pagani, de 19 anos, que estava dirigindo o automóvel, modelo Chevrolet Onix. Barucke ainda relatou que, em depoimento, Leonardo afirmou ter consumido bebida alcoólica, apesar de não se lembrar do momento do acidente.

Ainda segundo o delegado, o depoimento foi curto. Leonardo afirmou, ainda, à autoridade policial, que a razão para estar trafegando em alta velocidade seria a algazarra que ele e os amigos estavam fazendo dentro do carro, conforme retratado em vídeos gravados pelos próprios jovens, antes da capotagem.

O acidente

Um gravíssimo e violento acidente de carro, no final da noite de 8 de abril, por volta das 23h30min, na Estrada Francisco da Cruz Nunes, no trecho da descida da serra que dá acesso à Região Oceânica no Cafubá, em Piratininga, resultou na morte instantânea três jovens.

Emmily de Souza Miranda, de 20 anos; Gabriel Palmieri da Costa Gonçalves, de 19 anos; e Roberta da Costa Miranda Ribeiro, de 17 (que era namorada de Raphael) estavam no automóvel, modelo Chevrolet Onix, que acabou destruído após capotagens múltiplas. A violência do impacto foi tamanha que as vítimas tiveram seus corpos arremessados para fora do veículo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 4 =