Acidente na Alameda: Empresa dona de caminhão guindaste se pronuncia

Representante da diretoria do Grupo Geize Transportes, empresa proprietária do guindaste que provocou o trágico acidente ocorrido na noite de terça-feira (6), na Alameda São Boaventura, em entrevista exclusiva à reportagem de A TRIBUNA, declarou que a empresa entrará em contato com as vítimas e que prestará total assistência a todos os envolvidos no acidente.

Segundo o diretor da Geize Transportes, Cirlei Júnior, o guindaste retornava para a base da empresa, que fica situada no município de Caxias, após ter executado um serviço no canteiro de obras de um empreendimento imobiliário em Maria Paula, São Gonçalo. Além do motorista, um ajudante também se encontrava no veículo no momento do acidente. Segundo informações do diretor, ambos sofreram ferimentos leves e já se recuperam em suas residências.

Ainda de acordo com Cirlei, a diretoria da empresa se reuniu na manhã desta quarta-feira (7) para fazer um balanço do acidente e “tentar entender o que houve”, assim como para definir a estratégia de ação a ser adotada pela empresa na busca por soluções aos danos causados pelo acidente.

O diretor também afirmou que “a princípio a perícia liberou a retirada do guindaste e realizou um auto de depósito até a realização de uma nova perícia, à nível de engenharia, para tentar identificar qual teria sido a falha que provocou o acidente.” O guindaste foi encaminhado para o pátio da empresa, onde ficará aguardando pela perícia técnica. Segundo Cirlei, o veículo é de 2012 e está com manutenção em dia. Inclusive, o diretor da empresa relata que o equipamento foi utilizado recentemente numa obra em Petrópolis, “dendo descido a serra na última sexta-feira (2), sem apresentar qualquer problema”. O diretor destaca que, em 29 anos de operação, essa é a primeira vez que a empresa se envolve em um acidente com tamanha gravidade.

O Grupo Geize Transportes comunica que a empresa está profundamente abalada com a tragédia. “Queremos prestar solidariedade aos amigos e familiares neste momento de dor, por tudo que estão passando. Quanto a nós, não mediremos esforços para auxiliar e dar apoio a todos os envolvidos neste acidente, bem como seus familiares. São momentos difíceis, mas estaremos presente a todo momento atuando para, de alguma forma, diminuir os danos provocados pelo acidente. Rogamos a Deus para que possa confortá-los nesse momento, quando as palavras pouco ajudam e buscamos o amparo da fé”, conclui nota divulgada pela empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.