Ação tem 25 veículos irregulares removidos das ruas em Niterói

Uma ação de fiscalização a veículos com irregularidades terminou com 25 remoções, na manhã de ontem (4), no bairro do Cubango, Zona Norte de Niterói. Equipes das polícias Militar e Civil, Detran e Detro atuaram em conjunto. Ações do tipo têm sido realizadas em todo o Estado do Rio de Janeiro.

Os agentes ficaram entre 7h30 e 11h na Rua Desembargador Lima Castro, altura do número 339. De acordo com as forças de segurança, o objetivo é coibir a circulação de veículos, em especial do tipo motocicletas, que apresentem irregularidades.

De acordo com o balanço, foram realizadas 111 abordagens, nas quais foram constatadas 82 infrações. No total, 22 veículos foram encaminhados ao posto do Detran, enquanto 21 motocicletas (sendo cinco com problemas de placa) e quatro automóveis (sendo um com problema de placa) foram removidos.

Esta foi a segunda vez que Niterói recebeu ação do tipo. Na última segunda-feira (1º), 19 motos e dois carros foram removidos na Alameda São Boaventura, no Fonseca. Na operação, foram efetuadas 137 abordagens e 77 infrações. Os agentes utilizaram tablets que onde verificavam ficha do motorista, para saber de antecedentes criminais.

Remoção x apreensão

Existem diferenças entre remover e apreender um veículo. A remoção é uma medida administrativa, na qual o veículo é encaminhado ao pátio e pode ser retirado após os problemas serem solucionados pelo proprietário. Já apreensão era uma penalidade que previa a retenção do veículo ao depósito por 30 dias, com sua retirada também condicionada à resolução dos problemas, após o período. Entretanto, desde o ano passado, o Código de Trânsito não prevê mais essa penalidade.