Abrigo Cristo Redentor continua com problemas financeiros

Raquel Morais –

No próximo sábado completa um mês da morte do antigo presidente do Abrigo Cristo Redentor, em São Gonçalo, Josias Ávila. A mudança na administração do espaço, que conta hoje com 138 idosos, assumida pelo atual diretor Nilton Vieira Rodrigues, reforça os problemas enfrentados pela instituição desde a gestão passada. O então presidente comentou sobre a situação financeira do local, que tem dívidas que passam dos R$ 1,5 milhão, parte em decorrência dos atrasos no repasse de verba pelo Governo do Estado.

Segundo dados do abrigo, falta receber do Estado os pagamentos de dezembro de 2015 (R$ 66.294,12); de março a dezembro de 2016 (R$ 617.462,01); todo ano de 2017 (R$ 644.442,98) e janeiro, fevereiro e março de 2018 (R$ 141.783,87), totalizando R$ 1.469.982,98 de dívida. Ao todo o Abrigo tem 115 funcionários, que trabalham em sistema de escala de plantão, e 138 idosos (68 homens e 70 mulheres). Desses, 44 são custeados pelo Estado, 59 pelo município de São Gonçalo e 35 pelo próprio Abrigo através de doações privadas. “A Fundação Leão Treze continua atrasando os pagamentos. Eles não pagam, nem telefonam, e abandonaram os idosos aqui”, comentou Nilton.

O atual presidente, porém, não vai poder continuar no cargo por muito tempo por recomendações médicas. Nilton explicou que no mês passado uma assembleia tentou definir a nova direção da unidade de São Gonçalo, mas não foi possível. “Eu não posso ficar no cargo e estamos conversando para conseguirmos colocar alguém como diretor-geral. Não estava preparado para perder Josias assim. Nas duas primeiras semanas foi muito difícil trabalhar e estou homeopaticamente arrumando as coisas dele. Ele deixou um legado muito lindo na instituição e muita saudade por todos os funcionários e idosos. A ausência dele é muito forte no abrigo, mas estou usando essa passagem na gestão para perpetuar a memória dele”, finalizou.

No próximo dia 15, das 12h às 15h, será realizado um almoço beneficente para arrecadar fundos para o Abrigo. Intitulado ‘Churrascão’, o evento acontecerá na sede do Abrigo (na Rua Nilo Peçanha, no bairro Estrela do Norte), custará R$ 25 por pessoa e está sendo realizado pelo Rotary Club São Gonçalo.

A Secretaria de Estado de Fazenda foi procurada pela reportagem de A TRIBUNA e disse que informações seriam liberadas pela Secretaria de Assistência Social. Porém, até o momento, a pasta não se manifestou sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *