Flávio Ricco: A Web rádio é a nova porta de entrada dos talentos esportivos

Nesta última semana foi destacada a contratação de Pedro Martelli, um jovem talento da narração de futebol, pela Rádio e TV Bandeirantes.

Assim como se salientou o fato de ele ter começado na web rádio, na Continua anteriormente e na do Neto, em seguida. Por aí se observa o trabalho importante que as web rádios estão realizando, também como porta de entrada no jornalismo esportivo.

Além do Martelli, já existem outros casos, como os de Matheus Pinheiro, nos canais ESPN, e Rolando Botar, do BandSports, que trabalharam na Premium Sports.

O rádio, no passado, sempre foi o grande celeiro do jornalismo esportivo, responsável pelo surgimento de algumas das suas maiores feras, como Pedro Luiz, Osmar Santos, Fiori Giglioti, José Silvério, Fausto Silva, Orlando Duarte, Juarez Soares, Milton Neves, Flávio Araújo e tantos outros.

Galvão Bueno, por exemplo, foi revelado em um concurso realizado pelo Roberto Petri, na rádio Gazeta.
Este papel, que antes era só do rádio, especialmente das emissoras do interior, agora também estão a cargo das web rádios. Muito bom. Quanto mais, melhor.

Foto: Pedro Martelli ao lado de José Silvério/ reprodução Instagram)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 4 =