76ª DP segue desarticulando o bando do tráfico no Boa Vista

Augusto Aguiar

O esquema de tráfico, montado por criminosos da comunidade do Boa Vista, na divisa entre o Centro e Zona Norte de Niterói, segue sendo desmantelado pela equipe de investigação da 76ª DP (Centro). Uma semana depois que sete pessoas foram presas e outras três foram apreendidas pelos agentes no dia 13, acusadas além do tráfico de praticarem roubos de veículos na região, agora foi a vez de Rodrigo Dias da Silva, o Digão, ser preso pela Polícia Civil.

Segundo os inspetores, durante a investigação sobre o tráfico na comunidade do bairro São Lourenço, foi apurado que Rodrigo, que seria mototaxista, atuava como homem de confiança do líder do tráfico, identificado pelo codinome Faustão. Este havia sido preso na ação anterior. Os inspetores acrescentaram que Digão acumulava várias atividades no tráfico, entre elas: comprava material para fabricação e endolação de entorpecentes, fazia depósitos em dinheiro nas contas bancárias dos acusados de liderar a venda de drogas na localidade – identificados por Hulk e Bombinha – presos no Complexo de Bangu. Digão, segundo os agentes, ainda pegava drogas no Complexo de São Carlos, no bairro do Estácio, no Rio.

No dia 13 de setembro, a 76ª DP já havia realizado outra operação, onde dez pessoas (sete maiores e três menores) são acusadas de usarem armas que dispunham no morro para realizar diversos assaltos, em diversos bairros, inclusive em São Gonçalo. Um dos acusados, foi identificado como Fábio Martins dos Santos, de 32 anos, o Faustão, apontado pelas investigações como o atual líder do tráfico na localidade.

As investigações, de acordo com o delegado da 76ª DP (Centro), Gláucio Paz, as investigações para desarticular a ação de criminosos na região teve início no fim do ano passado. Na mesma ação foi apreendido cerca de três quilos de pasta base de cocaína além de drogas embaladas (maconha e cocaína) prontas para a venda. Duas armas que seriam usadas em roubos foram apreendidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =