SILVA JARDIM ELEGE NOVO PREFEITO NESTE DOMINGO

Em meio ao cenário de instabilidade política em Silva Jardim, eleitores do município se preparam para ir às urnas neste domingo (8) para eleger, mais uma vez, seus respectivos prefeito e vice.

A intranquilidade na Prefeitura da cidade se deu após a chefe do Executivo, Maria Dalva do Nascimento, a Cilene (SDD), ter o mandato cassado pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio (TRE-RJ), por abuso de poder econômico e político. Apesar dela ter conseguido recorrer para disputar esta nova eleição, acabou renunciando à candidatura.

As eleições suplementares no município foi convocada pelo órgão em novembro de 2019. Nessa semana, após o TRE-RJ tornar inelegíveis os candidatos Valber Tinoco e Jaime Figueiredo, quatro chapas foram registradas e estão aptas para concorrerem ao pleito, são elas: Dra. Antônia Benfeitas, que se registrou pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), tendo como vice Maria José da Silva; Evandro Pietrafessa encabeça a candidatura do partido Avante, com Elmo Cruz Machado como vice; A chapa de Júlio Cezar Delphino, que traz como vice Pedro Paulo do Carmo, o Pedro Paulo Pepê concorrem pelo partido Podemos (PODE). Os nomes do Partido Liberal são Zilmara Brandão, e o vice LiésAbibe. Já Maria Dalva do Nascimento, a Cilene, e o vice Marcos Antônio Nascimento, o Marquinho Caranga, que iriam disputar pelo Solidariedade (SD) renunciaram a candidaturas e iam apoiar Valber, mas que também está fora do pleito

.

O atual presidente da Câmara, Jaime Figueiredo, que tem Marcilene Xavier como candidata a vice-prefeita é da coligação “Reconstruindo Silva Jardim” (PP/ Pros). Ele perdeu a oportunidade de concorrer nesta eleição, porque o Colegiado do TRE-RJ confirmou a sentença do Juízo da 63ª Zona Eleitoral, que já havia indeferido a chapa pelo fato dele não ter cumprido o prazo legal de seis meses para filiação partidária no Pros.

Já Valber Tinoco, que tem como vice Wolney Ferreira, pela Coligação “Escrevendo uma Nova História” (Republicanos/PTB), foi condenado por crime contra relações de consumo. Em decisão assinada pelo desembargador Guilherme Couto do Castro, o TRE-RJ impugnou o registro de Valber por vender carne estragada. Segundo senteça, em 2013, o candidato a prefeito foi condenado à pena de dois anos de detenção, em regime aberto, substituída por prestação de serviço à comunidade por igual período, pela prática do crime de venda de mercadoria em condições impróprias para consumo. Por unanimidade, a Corte entendeu que esse seria “uma subespécie do gênero crime contra a economia popular”, o que é uma causa de inelegibilidade.

Neste sábado (7), segundo o TRE-RJ,  ainda será permitido utilizar alto-falantes ou amplificadores de som na propagada eleitoral entre 8h e 22h. Também pode haver, até as 22h, distribuição de material gráfico e a promoção de caminhada, carreata, passeata. O uso carro de som é autorizado apenas em carreatas, caminhadas e passeatas ou durante reuniões e comícios.

Já no domingo (8), data da votação, qualquer tipo de propaganda eleitoral é proibida. Além disso, até o término da votação, às 17h, também é vedada a aglomeração de pessoas portando vestuário padronizado, bem como bandeiras, broches, dísticos e adesivos que caracterizem manifestação coletiva, com ou sem utilização de veículos. Nesse dia, somente é permitido ao eleitor manifestar, de forma individual e silenciosa, a preferência por partido político, coligação ou candidato

A Justiça eleitoral divulgou que houve duas mudanças de local de votação. Quem votava no Centro de Atenção Psicossocial Dr. José Gomes Lila deve se dirigir ao Centro Vocacional Tecnológico (Faetec), na Rua Padre Antônio Pinto, 85, no Centro, onde vão funcionar as seções eleitorais 4, 22 e 34. Já os eleitores que votaram em 2018 no Complexo Educacional Cesário Alvim devem comparecer à Igreja Batista, na Avenida Geneciano Luz, 45, em Varginha, onde serão instaladas as seções 15, 35, 44, 55, 60 e 67.

Os eleitores que estiverem em dúvida quanto ao local de votação podem confirmar o endereço pelo site do TRE-RJ. A consulta também está disponível no aplicativo e-Título.

Outra opção é via Central de Atendimento ao Eleitor, pelo telefone (21) 3436-9000. Em Silva Jardim, existem 13 locais de votação, que abrigam as 55 seções eleitorais da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − seis =