Um morto e outro ferido em confronto no Santo Cristo

Augusto Aguiar

Uma incursão do 12º BPM (Niterói), na segunda-feira (10), na comunidade do Santo Cristo, no Fonseca, resultou em confronto que deixou saldo de um morto e ferido na localidade. Há vários dias a polícia vem sendo acionada para contar uma violenta rivalidade entre facções criminosas rivais. Uma delas, o Comando Vermelho (CV) vem tentando invadir e tomar os pontos de venda de drogas, que antes controladas pela facção TCP na região. Na semana passa, em outro conrfonto, dessa vez entre criminosos houve um saldo de mais dois mortos na comunidade. As ocorrências de confrontos no Morro Santo Cristo vem sendo registradas na Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, e Itaboraí (DHNSG).

Na manhã de ontem os policiais do Grupamento de Ações Táticas (GAT) entraram na localidade para realizaram patrulhamento e reprimir o tráfico na comunidade, quando na parte mais alta foram recebidos a tiros por criminosos fortemente armados. Houve revide e perseguição. Durante o confronto que se seguiu, um agressor, identificado como Cristiano Rodrigues Vidal, de 17 anos, foi beleado e morreu no local, enquanto outro, não identificado, foi baleado na perna e conduzido sob custódia para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal). Na ação, uma pistola e uma farda camuflada da Exército foram apreendidas.

Facção deseja tomar pontos de drogas no Rio e Niterói
De acordo com fontes policiais, a facção criminosa que estaria promovendo ataques e tentando ampliar áreas de dominação na Zona Norte de Niterói seria o CV, que na comunidade Vila Ipiranga (Fonseca) e Marítimos (no Barreto) é liderado pelo criminoso Erick Wilton da Silva Hilário, o Dadá da Maineira. Dadá seria o mesmo criminoso que depois de se fortalecer em Niterói, estaria promovendo invasões em outras comunidades, nos bairros do Catumbi e Santa Tereza, no Rio, respectivamente nos morros da Coroa e complexo do Fallet/Fogueteiro. No último fim de semana o Portal Procurados lançou um cartaz com a foto do acusado e fixou recompensa de R $ 1 mil por informações que levem a sua captura. Segundo portal, o traficante foi desifgnado pela cúpula da facção criminosa para retomar pontos de tráfico tanto no Rio, quanto em Niterói, além de seu reduto, o Morro da Mineira, no Catumbi, que foi invadido por rivais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 5 =