Homicídios crescem na Região Metropolitana

Augusto Aguiar –

Por ocasião da divulgação dos mais recentes indicadores da violência no Estado, referentes ao mês de junho, fechando o primeiro semestre do ano, o Instituto de Segurança Pública (ISP) destacou entre outros a queda nas taxas de homicídios dolosos no Estado (com intenção de matar), com queda de 3,8% em comparação com junho de 2017 (375 contra 390 vítimas). Com relação à análise, desta vez do Instituto de Pesquisa econômica e aplicada (Ipea), até o município de Queimados, na Baixada Fluminense, que anteriormente chegou a ser apontado como o mais violento do Brasil (dados do Atlas da Violência), apresentou redução no primeiro semestre de 2018 em relação a 2017, passando de 84 para 51 ocorrências (-39%). Na contramão do Estado nessa modalidade estão surgindo números preocupantes em cidades como São Gonçalo, Niterói e Itaboraí.

De acordo com o ISP, no primeiro semestre desse ano, São Gonçalo registrou 182 ocorrências de homicídios dolosos contra 157 no mesmo período do ano passado, alta de 15,9%. Também sobre homicídios dolosos, Niterói amargou crescimento de 20%, com 96 ocorrências neste ano contra 80 em igual período de 2017. Em Itaboraí, a elevação foi ainda maior, de 69,9%, passando de 66 registros para 112 neste ano.

Com relação ao ISP, a cidade de Queimados ainda registrou no mês passado (julho) aumento no índice de assassinatos, passando para 24 registros, enquanto em julho de 2017 o número de ocorrências foi 20. Pelo mesmo instituto e período, os números de homicídios em São Gonçalo até ultrapassaram a cidade que foi apontada como mais violenta do Brasil, com 28 ocorrências esse ano, tristemente mantendo a marca de julho de 2017 (28 assassinatos). De forma lamentável, Itaboraí também ficou no mesmo patamar da cidade de Queimados, com 23 assassinatos no mês passado (9 em julho de 2017), e Niterói registrou outros 15 (11 em junho 2017).

As três cidades da Região Metropolitana se juntam a outras 15 do Estado que respondem por 50% das mortes violentas do país, superando até mesmo o município do Rio.

Os 18 municípios do estado com os maiores índices de mortes violentas

Queimados – 134,9%
Japeri – 95,5%
Itaguaí – 73,6%
Nilópolis – 73,3%
Belford Roxo – 58,1%
Magé – 57,1%
São João de Meriti – 56%
Campos dos Goytacazes – 55,8%
Nova Iguaçu – 54,4%
Mesquita – 54,4%
Cabo Frio – 53,7%
Itaboraí – 51,1%
Angra dos Reis – 49,1%
Macaé – 48%
Duque de Caxias – 47,2%
São Gonçalo – 43,9%
Niterói – 38%
Rio – 34,9%
Fonte: Atlas da Violência (IPEA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *