20ª edição da Bienal do livro começa hoje (3) e promete ser inesquecível

Hoje (3), às 9h os portões do Rio Centro foram abertos para receber o público na Bienal do Livro depois de dois anos. A programação deste ano foi elaborada por um coletivo curador para atender aos mais diferentes gostos e estilos. O objetivo é proporcionar trocas e reflexões sobre as principais questões contemporâneas em um debate plural e democrático, inspirado pelo questionamento “que histórias queremos contar a partir de agora?”.  A festa literária vai até o dia 12 de dezembro.

A programação não está com entrada liberada para todo mundo. O evento vai seguir os protocolos sanitários e preservar a saúde dos visitantes. Portanto, haverá limite de público por turno e será exigido o comprovante de vacinação para maiores de 12 anos.

Grandes personalidades da  literatura estarão presentes, como o escritor Zuenir Ventura, que será homenageado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela GL events, realizadores do evento,  representando todos os autores parceiros da Bienal.  Além da riqueza de sua obra, Zuenir foi escolhido para essa homenagem por ter marcado presença em toda a história do festival.

Este ano, 85 editoras e 140 selos estão confirmados, além de livrarias, distribuidores e loja de e-commerce, como Submarino. A programação conta com debates sobre juventude e fé, poesia, desenvolvimento sustentável, política e democracia, feminismo, jornalismo investigativo, adaptações audiovisuais, cultura geek e pop, LGBTQIAP+, saúde mental, ancestralidade e tendências do mercado literário, além da conexão de música e streaming.

Entre os autores internacionais estão os norte-americanos Matt Ruff, Julia Quinn, Beverly Jenkins, Jenna Evans, Casey McQuiston, Tracy Deonn, Lyssa Kay Adams, V. E. Schwab, Scarlett Peckham e Josh Malerman, a argentina Mariana Enriquez, a australiana Monica Gagliano e o japonês Junji Ito, um dos mais conceituados no universo dos mangás. A Bienal receberá ainda nomes como Conceição Evaristo, Itamar Vieira, Aílton Krenak, Caco Barcellos, Lázaro Ramos, Antônio Fagundes, Whindersson Nunes, Nei Lopes, Otávio Júnior, Raphael Montes, Tati Bernardi, Gabriela Prioli, Pastor Henrique Vieira, Teresa Cristina, Lua de Oliveira, Luiz Antonio Simas, Lulu Santos, Fábio Porchat, Aza Njeri, Eliane Brum, entre muitos outros.  

O evento vai ter programação para todos os públicos. Crianças com deficiência visual poderão fazer uma visita guiada e todas as sessões da programação oficial terão tradução simultânea em libras. Em formato híbrido, com o conteúdo transmitido em tempo real pelo site.

Os ingressos podem ser adquiridos pelo site do evento e também estarão disponíveis em bilheteria física, com número limitado, durante o festival.

“Estamos entregando uma edição muito especial nesta edição, tirada do papel com toda a responsabilidade que o momento impõe, mas trazendo toda a energia do reencontro e a potência das conexões entre com o universo literário e as diferentes linguagens e temas. Nosso propósito de estimular a leitura para transformar o país está ainda mais presente, com uma programação plural e de bastante qualidade”, afirma Tatiana Zaccaro, diretora da GL events, responsável pela Bienal.

Serviço

Riocentro – Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ;

Data: 03 de dezembro a 12 de dezembro de 2021;

Horários: 

sextas: 9h às 22h;

sábados e domingos: 10 às 22h;

segunda a quinta: 09h às 21h;

Ingresso: R$ 40 (inteira)/ R$ 20 (meia-entrada);

Compra online: https://www.bienaldolivro.com.br/;

Compra no local: bilheterias estarão disponíveis com ingressos limitados à venda;

Protocolo: uso de máscara será obrigatório, assim como apresentação do comprovante de vacinação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 20 =