Forças armadas e policiais fazem operação no Jardim Catarina

Mais de 1100 homens participam de uma operação no Jardim Catarina, em São Gonçalo, desde as primeiras horas desta sexta-feira (02). Com a presença das forças armadas, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e diversas delegacias da Polícia Civil a operação visa cumprir mandados de prisão contra acusados principalmente por tráfico na localidade. Até 11h30, oito pessoas haviam sido presas, sendo quatro por estarem com mandados de prisão em aberto e outras quatro em flagrante.

A ação começou por volta das 5 horas com a chegada de blindados das Forças Armadas, além de helicópteros do Exército e da PRF dando apoio e fazendo razantes pelo bairro. O cerco era feito por agentes da PRF, que cobriam as entradas do bairro que dão acesso a BR-101, os militares estão dentro da comunidade em vários pontos de controle, enquanto os policiais civis estão rodando pelas ruas atrás dos criminosos, para cumprir os mandados de prisão. A ação das forças de segurança envolve cerca de mil militares e 170 policiais.

Em todos os pontos de acesso ao Jardim Catarina, os agentes estavam revistando moradores e motoristas, tanto quem entrava quanto deixava o bairro. O posto da PRF próximo ao bairro está sendo usado como centro de comando da operação.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança (Seseg) as Forças Armadas estão responsáveis pelo cerco, desobstrução de vias e ações de estabilização, empregando cerca de mil militares. A Polícia Civil e a Polícia Rodoviária Federal participam, respectivamente, com 100 e 70 agentes. “Algumas ruas e acessos nessas áreas podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados, oportunamente, com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos”, explicou em nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 3 =