Táxis de Niterói poderão ter reajuste menor

A Prefeitura de Niterói analisa pedido do Sindicato dos Taxistas para que o reajuste das tarifas deste ano seja menor do que o determinado por Lei. Ano passado, também atendendo a um pedido dos taxistas, a prefeitura não reajustou as tarifas. O sindicato reivindica um reajuste de 5,2% na bandeirada, que hoje é de R$ 5,25. Por determinação da legislação, este reajuste deveria ser de 9,76%, acumulando o índice de reajuste que deixou de ser aplicado ano passado com o deste ano. O último reajuste na tarifa dos táxis de Niterói foi em janeiro de 2016.

O pedido para um reajuste menor foi formalizado pelo Sindicato dos Taxistas de Niterói na última quinta-feira (18) em uma reunião com representantes da Subsecretaria Municipal de Transportes. Na reunião, os taxistas pediram ainda para que o novo preço da bandeirada seja aplicado diretamente nos taxímetros, evitando o uso da tabela de papel. O subsecretário municipal de Transportes, Murilo Moreira, disse que vai encaminhar à Procuradoria Geral da Prefeitura o pedido do sindicato. “A legislação determina que o reajuste da tarifa acompanhe a variação do Índice Nacional de Preços do Consumidor (INPC). Os taxistas querem que a prefeitura desconsidere o índice que deveria ter sido aplicado ano passado e aplique apenas a variação do INPC dos últimos 12 meses. A Procuradoria Geral da Prefeitura vai analisar a solicitação e definir se isso será possível e se a tabela de preços pode ser descartada. Só depois disso haverá uma decisão sobre o reajuste”, disse Murilo.

Niterói possui hoje 1.905 autonomias de táxi válidas. Deste total, 1.410 taxistas fizeram o último recadastramento da prefeitura, em julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *