São Gonçalo está entre as cinco cidades do Estado que mais matam

Augusto Aguiar

De acordo com os mais recentes números divulgados, ontem, pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), mesmo com o combate intenso para conter os níveis de violência na cidade, São Gonçalo apresenta a quinta maior alta de crimes de homicídios dolosos (com intenção de matar) do estado, com relação aos dados do mês de novembro. No mês passado foram registradas 461 vítimas de homicídio doloso no estado, sendo que São Gonçalo registrou 6,29% desse total, ou seja, 29 registros de assassinatos.

Segundo o ISP, a totalização no estado representou um aumento de 121 vítimas, ou de 36,5%, em relação ao mesmo período do ano passado. Também no estado, com relação ao mês de outubro deste ano, foram registradas 462 vítimas, e a redução foi de uma vítima. Quando observamos o acumulado dos 11 meses de 2016, foram registradas 4.572 vítimas, o que representa aumento de 754 mortes, ou 19,7% a mais em relação ao mesmo período de 2015 em todo o Rio. Grande parte do aumento dos homicídios no acumulado do ano, quando comparado com o mesmo período de 2015, foi registrada em municípios da Baixada Fluminense e da Região Norte do estado, além de São Gonçalo. As Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) que registraram maiores aumentos foram a AISP 24 (Seropédica, Itaguaí, Paracambi, Queimados e Japeri), a AISP 08 (Campos dos Goytacazes, São Francisco de Itabapoana, São Fidélis e São João da Barra), AISP 32 (Casimiro de Abreu, Conceição de Macabu, Macaé, Rio das Ostras, Quissamã e Carapebus), a AISP 15 (Duque de Caxias) e a AISP 07 (São Gonçalo), com respectivamente, 117, 96, 62, 47 e 42 mortes a mais.

Desde novembro o ISP passou a divulgar mensalmente dados relativos à incidência de “Feminicídio” e “Tentativa de Feminicídio” por área de delegacia, cumprindo o determinado pela Lei 7.448 de 13 de outubro de 2016. As vítimas contabilizadas nesses títulos também constam nos títulos “Homicídio Doloso” e “Tentativa de Homicídio”, presentes nos dados oficiais divulgados mensalmente pelo ISP.

Se em novembro desse ano São Gonçalo apresentou 29 ocorrências de homicídios dolosos, em outubro foram 25, e em novembro do ano passado o mesmo quantitativo (25), o que representou uma tendência de aumento. Em Niterói, o mês de novembro teve a totalização de 10 homicídios dolosos, dois a menos do que no mês anterior (outubro), com 12. Em novembro do ano passado foram registrados 17 ocorrências dessa modalidade de crime, o que representaria tendência de queda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *