Perseguição e tiros interditam Alameda São Boaventura

Pedestres, motoristas, e passageiros de coletivos enfrentaram uma manhã de pânico nesta quarta-feira, quando uma perseguição seguida de tiroteio entre criminosos e PMs, deixou um bandido baleado, outro preso, e um grande congestionamento, na pista sentido Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104) da Alameda São Boaventura, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói. A pista chegou a ser interditada totalmente, enquanto do lado oposto ocorria o rotineiro engarrafamento.

Motoristas e passageiros não tiveram outra opção a não ser esperar a liberação (em meia pista) que ocorreu cerca de uma hora depois, por volta das 8h30. Cerca de cinco marginais, que teriam assaltado a residência de uma juíza na Vila Progresso, em Pendotiba, e que estavam em fuga usando um veículo roubado, modelo Jeep Renegate, cor preta, eram monitorados. Na chegada à Alameda São Boaventura, em frente ao Colégio da Polícia Militar, os bandidos foram cercados e houve correria e intensa troca de tiros, por volta das 07h30m. Um dos criminosos foi baleado e levado para Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), e outro foi dominado e preso. Ambos não foram identificados até o momento. Outros dois bandidos fugiram.

O tiroteio causou muito pânico no local e até o parabrisas de um coletivo da Viação Nossa Senhora do Amparo foi atingido.

“Estava dormindo, acordei com o barulho de vidro. Aí pensei que o motorista tinha batido. Foi quando ouvi os disparos e todos se jogaram no chão. Quando parou, levantamos e vimos o tiro no vidro. A senhora que estava no banco da frente, cortou a perna com os estilhaços, quando ela se jogou no chão. Mas não foi nada grave. Quando levantei e olhei para rua, vi os policiais correndo, todos armados. Tinham dois carros batidos e um bandido no chão”, relatou uma passageira do coletivo da Amparo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *