A Tribuna RJ

FACÇÕES EM GUERRA

FACÇÕES EM GUERRA Publicado em: 24/11/2012

Texto: Augusto Aguiar
Foto: Bruno Eduardo Alves

Policiais civis e militares de São Gonçalo estão em alerta e investigam uma sangrenta disputa pelo controle do tráfico entre os bairros do Galo Branco e Mutondo, que já resultou em pelo menos três mortos desde a tarde da última quinta-feira. A polícia está checando denúncias que traficantes do Morro do Estado, no Centro de Niterói, ligados à facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP), com reforço de aliados vindos da Vila Aliança, na Zona Oeste, fortemente armados, teriam invadido a comunidade da Chumbada, situada no Mutondo.
Segundo fontes policiais, há alguns dias os pontos de venda de drogas, situados na localidade de São Gonçalo, que eram controlados pela facção criminosa Amigo dos Amigos (ADA) trocaram de “dono”. Ainda segundo a polícia, o fato teria passado praticamente despercebido pelas polícias Civil e Militar, pois não teria ocorrido ou registrado nenhum confronto. Os remanescentes da ADA foram expulsos ou bateram em retirada, incluindo o antigo líder dos pontos, conhecido como Dani Boy, que é investigado também pelo envolvimento com os crimes de sequestro-relâmpago para “reforçar o faturamento” do tráfico.
Na noite da última quinta-feira, porém, de acordo com os agentes, a aparente paz dos moradores da comunidade da Chumbada acabou e provavelmente os invasores passaram a eliminar possíveis rivais que ainda seriam ligados a localidade. Respectivamente num beco da Rua Murilo Pires e no alto da comunidade, próximos um do outro, foram encontrados os corpos de um homem identificado como Sebastião Rangel de Araújo Junior. Ele seria filho de um policial que pode ter sido apontado pelos criminosos como delator e, por isso, executado com um tiro de escopeta no rosto. Outra vítima, identificada na sexta-feira como sendo Wanderley Dias de Lima Junior, é apontado como homem de confiança de Dani Boy. Ele estava sendo procurado pela Justiça, acusado por ter praticado vários sequestros-relâmpagos. Sebastião estava desaparecido há dois dias.
Horas depois, na Rua Major Peixoto Guimarães, também nas proximidades da Chumbada, foi encontrado o corpo de Luiz Alberto da Silva Acioli, de 30 anos, morto com tiros de revolver. A vítima portava documentos pessoais e os referentes a uma motocicleta que não foi localizada. O registro dos crimes foi feito na 72ª DP (Mutuá).



A Tribuna Copyright © 2008
Redação, Administração, Publicidade e Industrial: Rua Professor Heitor Carrilho, 350F - Centro - Niterói - RJ - Cep: 24.030-230 Telefones: (021) 2719-1886 / 2719-1497.
Criação e Desenvolvimento: Guttdesign Comunicação e Webdesign