A Tribuna RJ

Cresce a lista de criminosos mais procurados em Niterói pela polícia

Cresce a lista de criminosos mais procurados em Niterói pela polícia Wagner de Oliveira vulgo Hulk - Diogo fidelis da Silva-vulgo Macumba - Diego Araujo de Aquino-vulgo Didado Publicado em: 22/04/2010

Foto: Reprodução

Em alguns meses a lista dos criminosos mais procurados pela polícia em Niterói cresceu significativamente, por conta das ocorrências registradas em delegacias do município. Na “lista negra” a maior parte dos criminosos está ligada a uma série de assassinatos que abalaram a opinião pública na cidade e nem figurava entre os mais procurados, mas passaram a constar no decorrer desse ano.
Entre os criminosos divulgados pela polícia nos últimos dias estão Wagner de Oliveira Carvalho, o “Hulk”, Diego Araújo de Aquino, o “Didado”, Diogo Fidélis da Silva, o “Macumba”, ligados ao tráfico do Morro Boavista, São Lourenço, eles são acusados de participação numa chacina ocorrida na madrugada do último dia 14, no Morro do Holofote, no Barreto, onde cinco pessoas - sendo três de uma mesma família - e uma mulher grávida foram assassinadas friamente com tiros e facadas. As vítimas teriam sido “condenadas” a morte através do chamado “tribunal do tráfico”. O pedido de prisão dos três acusados foi encaminhado a justiça pela 78ª DP (Fonseca) que investigam a chacina.
Em meio à sangrenta disputa pelo controle do tráfico no Complexo da Ititioca, em outro ponto da cidade, mais dois criminosos passaram a figurar na condição de muito procurados pela polícia, sobretudo após a prisão no Rio (há cerca de uma semana) de Luiz Carvalho da Silva, o “Luiz Cicatriz”, líder do tráfico nas localidades de Sítio de Ferro, Cocada, e Cantagalo, em Pendotiba, e Antônio Marcos da Conceição, o “Bolota”, que segundo a polícia comandaria o tráfico no Morro do Atalaia. Um desses procurados foi identificado pelo apelido de “Ransi” e o outro como “Dick Braum”. Segundo fontes policiais, o quarteto estaria por trás de uma série de assassinatos que acabaram coma rotina da comunidade da Ititioca entre o último trimestre do ano passado e o primeiro trimestre desse ano, onde de mais de dez pessoas foram torturadas e executadas a tiros na região.
Na galeria dos mais foragidos mais procurados permanecem desde o ano passado os nomes de Sirlei Bernardo Monteiro, o ex-armeiro do Exército e homicida conhecido como “Igor”, líder do tráfico no Morro da Palmeira, além de Amâncio Levi Clemente Moura, o “Levi do Bumba”, Flávio Costa de Matos, o”Jaguar”, e Diego Pereira da Silva, o “Marola”, que são são citados em vários volumes de inquéritos instaurados pela Delegacia Legal do Fonseca e em outras DPs do município vizinho de São Gonçalo. Uma fonte policial revelou que apenas os criminosos mais procurados de Niterói estariam por trás de pelo menos cinquenta homicídios ocorridos na cidade, sem contar as outras modalidades de crimes.



A Tribuna Copyright © 2008
Redação, Administração, Publicidade e Industrial: Rua Barão do Amazonas, 31, Ponta D'areia, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil Telefones: (021) 2719-1886 / 2719-1497.
Criação e Desenvolvimento: Guttdesign Comunicação e Webdesign