A Tribuna RJ

Novos preços das passagens intermunicipais surpreendem

Publicado em: 18/12/2008

Texto: Pamela Araujo
Foto: Bruno Eduardo Alves

As novas tarifas dos ônibus intermunicipais que passaram a vigorar ontem pegou muita gente desprevenida. A população reclama que os valores são superiores ao reajuste concedido pelo Detro de 10,2%, mas o motivo da discrepância é que muitas empresas operam com tarifas promocionais, e, segundo o órgão, o cálculo deve ser feito em cima do valor real tabelado a cada reajuste.
A diarista Rosilene da Silva, 37 anos, utiliza a linha Itaboraí-Niterói, da empresa Rio Ita, três vezes por semana. Ela afirma que por pouco, o dinheiro não deu para pagar a passagem. “Levei um susto quando vi o novo preço. A passagem que custava R$3,5 passou para R$4,5. O aumento foi superior ao esperado em relação ao valor que pagávamos”, reclama.
Para Mizailda de Jesus, 45 anos, o aumento vai prejudicar o orçamento familiar. Ela mora em São Gonçalo e utiliza o serviço todos os dias para atuar como vendedora autônoma na Avenida Amaral Peixoto. A auxiliar de serviços gerais, Marluce Bastos, 40 anos, acrescenta que o aumento não acompanha a situação financeira do país. “Só o salário que não aumenta”, conclui.
“A gente precisa pegar ônibus para ir ao médico, trabalho, nem conto mais com passeio. O aumento acaba levando grande parte do nosso salário”, concorda a vendedora Maria das Graças Menezes de Oliveira, 55 anos.
A porta-voz da Viação Nossa Senhora do Amparo, Bárbara Caetano, afirma que a empresa continua adotando o sistema de promoção mesmo com o valor reajustado. A passagem da linha Maricá-Niterói, por exemplo, possui valor real de R$8,25 e promocional de R$5, agora o valor real passa a ser de R$9,10 e o promocional de R$5,50. Mas, segundo o Detro a empresa é que decide como proceder a partir do valor máximo do reajuste de R$9,10. Ela poderá cobrar a nova tarifa, aplicar o reajuste sobre o valor promocional, estipular nova promoção, ou continuar com a promoção anterior.
O PROCON informa que a empresa só não pode cobrar tarifa superior ao valor tabelado.



A Tribuna Copyright © 2008
Redação, Administração, Publicidade e Industrial: Rua Professor Heitor Carrilho, 350F - Centro - Niterói - RJ - Cep: 24.030-230 Telefones: (021) 2719-1886 / 2719-1497.
Criação e Desenvolvimento: Guttdesign Comunicação e Webdesign